Clínica para dependentes químicos e resgate de dependentes

Curitiba, 13 de fevereiro de 2021, escrito por Gilson Rodrigues. Hoje é comum se ver um crescente número de usuários de drogas. Pelas ruas, podemos encontrar pessoas alcoolizadas que, ao mesmo tempo, estão procurando drogas ilícitas, além de grupos de pessoas fazendo uso das mais diferentes substâncias nocivas à saúde. A condição, certamente vai afetar a vida do usuário, na maior parte das vezes obrigando à internação numa clínica para dependentes químicos.

A maior parte dos dependentes químicos, independentemente do fato de serem usuários de álcool ou de drogas ilícitas, geralmente não percebe que vai precisar de cuidados especializados para conseguir se livrar do problema da dependência química. As drogas ilícitas e o álcool podem desenvolver graves problemas de saúde, o que nos leva a concluir que superar o problema de dependência não seja uma escolha, mas sim uma necessidade para retornar a uma vida normal e saudável.

A clínica para dependentes químicos é o local mais adequado para esse tipo de tratamento, utilizando terapias que buscam, através de técnicas especializadas, desenvolver novamente no dependente as habilidades sociais, resgatar os relacionamentos familiares, sociais e profissionais e fazer com que o paciente possa entender mais claramente sua realidade interior, trazendo novamente sua autoestima, buscando novamente sua adequação à sociedade.

O principal objetivo do tratamento na clínica é resgatar a saúde física e emocional do paciente internado, fazendo com que ele novamente tenha a motivação para refazer seus projetos de vida, adotar novos hábitos mais saudáveis e produtivos e manter relações sociais mais estáveis e seguras.

Precisando de um resgate?

WhatsApp

Clínica de dependentes químicos e a motivação interior

Cada paciente deve ser tratado de forma individualizada para encontrar novamente a motivação interior e realizar sua mudança. Para que isso possa acontecer, é necessário que tenha a ajuda de uma equipe multidisciplinar, cuidado de todos os seus aspectos físicos e emocionais para que ele possa novamente moldar o seu comportamento de acordo com o meio social em que vive.

O tratamento na clínica de dependentes químicos é a forma mais adequada de o paciente resgatar sua própria personalidade, readquirindo sua antiga visão e percepção de si mesmo e do mundo, restabelecer suas relações sociais e ser novamente um integrante da sociedade, colaborando com seus amigos e familiares e deles recebendo a atenção e colaboração.

A abordagem adotada pelos profissionais da clínica é de extrema importância para que o dependente químico possa recuperar a motivação e elevar sua autoestima. Dessa forma, o paciente poderá encontrar as forças necessárias para adquirir um novo comportamento, que só irá lhe trazer benefícios, podendo novamente enxergar a vida de frente sem o apoio das drogas e tendo a coragem necessária para superar os próprios obstáculos.

Estamos online para te ajudar! Fale com nosso especialista:

Veja nossas avaliações

Diana Vilarinho
Diana Vilarinho
18. Julho, 2022.
Verificada
Excelente, prestativos, atenciosos , tratamento muito bom. Nota 10. Utilizei o serviço de remoção para consulta. Muito bom.
Maria L Diniz
Maria L Diniz
16. Julho, 2022.
Verificada
Um excelente atendimento! 🙏💜
Daiane Rosolen
Daiane Rosolen
8. Julho, 2022.
Verificada
Atendimento top! Sr. Gilson muito prestativo e super atencioso no atendimento telefônico. Eu agradeço pela gentileza. Coisa rara hoje em dia.
Carolina Luhm Crivellaro
Carolina Luhm Crivellaro
4. Julho, 2022.
Verificada
Excelente atendimento pela equipe.
Ozana Storck
Ozana Storck
21. Junho, 2022.
Verificada
Serviço de excelência
Rosa Pelizari
Rosa Pelizari
1. Junho, 2022.
Verificada
Realizei alguns exames com a Brasil e fui muito bem atendida. Os profissionais são pontuais, educados e qualificados. Obrigado pelo ótimo atendimento.
Izabel Martins Campos
Izabel Martins Campos
23. Maio, 2022.
Verificada
Valmir Mendes
Valmir Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Maria Mendes
Maria Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Rosimeire Ribeiro
Rosimeire Ribeiro
5. Maio, 2022.
Verificada

WhatsApp

A dependência química é uma doença?

A dependência química é classificada como uma doença pela 10ª Edição da Classificação Internacional de Doenças, ou CID-10, emitida pela OMS – Organização Mundial da Saúde.

A condição da dependência é definida como um conjunto de “fenômenos comportamentais, cognitivos e fisiológicos que se desenvolvem após o uso repetido de determinada substância”.

Dessa forma, são consideradas como dependência química a necessidade de uso de qualquer substância psicoativa, como, por exemplo, bebidas alcoólicas, cocaína e crack, entre outras, ou qualquer categoria de drogas psicoativas, a exemplo de substâncias opiáceas, ou mesmo ao conjunto mais amplo de substâncias farmacológicas, ou seja, medicamentos que geram dependência.

A dependência química é uma doença que não possui cura conhecida pela medicina. Trata-se de um problema crônico, da mesma forma que é a hipertensão ou o diabetes, ou seja, mesmo não apresentando cura, é passível de tratamento.

É importante ainda lembrar que, além de parar com o consumo, o tratamento em clínica para dependentes químicos se apresenta bastante eficaz, conseguindo ajudar o paciente a retomar sua vida produtiva junto à sua família, no seu trabalho e na sociedade.

A partir do momento do diagnóstico, o paciente, além do tratamento para a dependência também deve contar com um acompanhamento de especialistas que possam orientar na melhora de sua saúde geral.

Na clínica para dependentes químicos, cada paciente recebe um tratamento individualizado, dependendo de suas características pessoais, do padrão de uso de substâncias psicoativas e de sua quantidade, além da análise de seus problemas de ordem física ou emocional.

Dependência química e os impactos na vida do usuário

Em todos os casos, a dependência química provoca profundos impactos em todos os aspectos da vida do usuário, além de prejudicar também quem está ao seu lado. Em razão de sua complexidade, o tratamento na clínica para dependentes químicos conta com alguns programas de tratamento multidisciplinar, totalmente personalizado, para atender às necessidades específicas de cada paciente.

Os cuidados envolvem o paciente em seu lado social, psicológico, físico e profissional, tornando mais eficiente a alteração do padrão de comportamento que estejam levando a pessoa ao uso de substâncias nocivas, além de fazer com que tenha maior conhecimento sobre os malefícios provocados pelas drogas.

Mesmo depois do tratamento na clínica para dependentes químicos, o paciente é levado a tomar consciência de que precisa do acompanhamento dos profissionais, avaliando sua condição, participando de sessões de psicoterapia e oferecendo condições e estratégias para que o paciente consiga vencer situações de maior risco, evitando e prevenindo recaídas.

Dependência química como síndrome

Entende-se, portanto, que a dependência química é uma síndrome, com as características principais de perda de controle do uso de uma substância psicoativa. Os agentes ativos, ou psicoativos, da droga agem sobre o sistema nervoso central do usuário, levando-o a sintomas irreais e estimulando o consumo frequente da mesma substância.

Diferentemente do vício, a dependência leva o indivíduo a exigir cada vez mais maiores quantidades da droga, ou seja, é levado ao consumo compulsivo, criando uma conexão psíquica com a droga utilizada. Essa sujeição química é a dependência, que deve ser tratada numa clínica para dependentes químicos.

O quadro da síndrome da dependência é facilmente reconhecível através dos sintomas que apresenta: o indivíduo passa a ter necessidade de aumentar as doses habitais para obter os mesmos efeitos anteriores, apresenta ansiedade e irritação, não é capaz de dormir normalmente, tem tremedeiras se tenta se abster das drogas, acaba consumindo cada vez mais quantidades e por mais tempo do que pretendia, sente necessidade de reduzir ou de manter sob o controle o uso da substância e passa por diversas frustrações por não atingir esse objetivo.

As consequências da dependência química também se manifestam cada vez mais rapidamente, levando o indivíduo a não cumprir com seus compromissos profissionais e familiares, deixando-se levar pelo uso constante e sem controle da droga.

Tudo isso faz com que ele se mantenha sempre em estado alterado de consciência, prejudicando, inclusive, o julgamento sobre si próprio e sobre a realidade que o circunda e gerando prejuízos tanto em sua vida quanto na de seus familiares e amigos.

A família como apoio para ajuda da dependência química

Além de procurar orientação profissional com pessoal capacitado para não deixar a situação fora de controle, a família tem papel preponderante no resgate do dependente químico. A dependência, de uma forma geral, pode se tornar grave depois de apenas alguns meses de consumo de uma substância psicoativa.

O tratamento em clínica para dependentes químicos, dessa forma, é a solução mais eficaz para que o indivíduo possa retomar sua vida normal e tudo isso vai exigir muita dedicação por parte dos familiares e amigos.

Os familiares fazem parte do tratamento, levando o dependente a ter condições para que se previna contra recaídas que possam tornar o seu quadro ainda mais grave. O tratamento em clínica para dependentes químicos oferece o suporte necessário para isso, orientando também os familiares do dependente.

O que é uma clínica para dependentes químicos?

A clínica para dependentes químicos não oferece a cura, mas sim a reabilitação do dependente, retirando-o do mundo das drogas. Tudo na clínica é preparado para acolher um dependente, disponibilizando o melhor tratamento para que ele tenha condições de voltar a viver em sociedade.

A clínica, dessa forma, é especializada em tratamento de dependentes químicos, apresentando um cuidado personalizado com cada paciente, utilizando as mais modernas técnicas médicas e terapêuticas para esse tipo de problema, utilizando-se de uma equipe multidisciplinar capacitada para suas funções.

Uma das formas mais tradicionais de tratamento dependentes químicos é a internação, embora ela não seja o único meio de recuperação, e sim uma das etapas. O objetivo do tratamento é desintoxicar o dependente e fazer com que ele tenha forças suficientes para vencer a dependência, oferecendo também o acompanhamento posterior para que não tenha recaída.

A procura de uma clínica para dependentes químicos pelos familiares deve ser feita com muito critério, procurando aquela que ofereça instalações adequadas para a recuperação do dependente químico, com um ambiente agradável e, preferencialmente em contato com a natureza, além de profissionais capacitados para os cuidados necessários durante o tratamento.

O tratamento deve oferecer condições para que o dependente químico possa novamente desenvolver sua estrutura psíquica, biológica e social, retirando de sua mente a vontade de usar novamente qualquer substância nociva. Para isso, é importante o conjunto todo apresentado, desde as instalações até a equipe multidisciplinar, que possa oferecer a rede de apoio e de estímulo para que o dependente possa novamente desenvolver os valores e os comportamentos que irão reestruturar sua vida futura.

O resgate de dependentes: uma necessidade na maior parte dos casos

O tratamento em clínica para dependentes químicos vai depender de cada caso, tendo, no entanto, um ponto em comum: o dependente químico não irá passar por ele facilmente. Deixar o uso de drogas no passado também significa para ele deixar algo que se tornou o centro de sua vida durante o tempo em que esteve dependente.

Um dos problemas mais sérios é fazer com que o dependente químico possa ser levado para a clínica, já que a maior parte dos casos é de remoção involuntária, ou seja, o dependente não quer ser tratado.

A clínica, dessa forma, deve contar também com uma equipe de resgate de extrema importância nesses momentos.

O procedimento de remoção de um paciente para uma clínica para dependentes químicos, também chamado de resgate, ganha, assim, um significado ainda mais especial, já que se refere ao resgate de uma pessoa cuja vida está praticamente perdida para as drogas.

A própria clínica, assim, é quem faz o serviço de remoção do futuro paciente, seja de forma voluntária ou involuntária e, para isso, também precisa contar com profissionais que estejam preparados para lidar com qualquer tipo de situação, uma vez que sua obrigação é preservar o bem-estar do dependente.

Os profissionais da equipe de resgate são treinados para entender que a dependência química causa sofrimento e dor não apenas ao dependente, como também aos seus familiares. Para o dependente, a situação é ainda pior, uma vez que a necessidade das drogas supera seu sofrimento em não poder se recuperar sozinho. O resgate, dessa forma, é como a luz no fim do túnel, possibilitando que o dependente possa ser conduzido ao tratamento.

Antes do resgate, os profissionais responsáveis por essa difícil tarefa procuram conhecer a situação do dependente em detalhes, já que toda e qualquer informação é útil para montar a estratégia a ser aplicada e, além disso, para a composição da equipe que irá fazer o trabalho.

O dependente químico, em qualquer condição, deve ser conduzido em total segurança, evitando qualquer possível trauma que possa, depois, dificultar o seu processo de reabilitação. A abordagem na hora do resgate do paciente deve ser cautelosa e tranquila, para que, desde esse momento, o paciente possa receber condições adequadas para o restante do tratamento.

De uma forma geral, o serviço de resgate funciona 24 horas por dia, oferecendo ainda opções de veículos preparados especialmente para cada situação, como uma ambulância, ou um veículo discreto, sem identificação, se for necessário preservar o sigilo e garantir a segurança para o transporte do dependente químico.

Com esse tratamento personalizado desde o início, os familiares têm maior tranquilidade e segurança com relação aos cuidados oferecidos ao dependente. Vale dizer ainda que o resgate é feito no mínimo prazo possível, sempre que solicitado, já que muitos casos exigem cuidados médicos que, normalmente, não seriam oferecidos.

WhatsApp

O internamento involuntário: como é feito

Em grande parte dos casos de tratamento de dependência química, ele é aplicado contra a vontade do usuário. Esse é o tipo de tratamento denominado involuntário, oferecido pela clínica para dependentes químicos. Embora não seja o ideal, é necessário em determinadas situações, o que vai exigir também um resgate involuntário do paciente, já que ele vai se negar a ir por sua própria vontade até a clínica.

A função da remoção de dependente químico é exatamente o que o nome da atividade apresenta, ou seja, é resgate de uma vida.

Nesses casos, além de receber todas as informações necessárias, a equipe de resgate também é treinada para preparar a família para a situação, informando sobre a estratégia que será adotada e oferecendo ao dependente todas as condições de tratamento desde o momento do resgate, inclusive na necessidade de intervenção imediata por parte da equipe médica.

Como funciona a equipe de resgate

O serviço de resgate dependente químico é aplicado na internação involuntária. A equipe de resgate é formada por profissionais especializados, preparados para cuidar de cada tipo de situação, além de contar com socorristas qualificados que possam garantir o bem-estar do dependente durante a remoção.

Para isso, os integrantes da equipe de resgate solicitam o máximo de informações possíveis sobre o paciente, como, por exemplo, se age com agressividade, se faz uso de armas, se possui envolvimento com o tráfico e, além disso, com que frequência faz uso de drogas, quais as drogas que utiliza, se toma algum medicamento, se possui qualquer complicação clínica, se sua condição física é estável ou não, se já passou por internações ou remoções anteriores.

Todas essas informações irão compor o quadro para selecionar os profissionais mais adequados para o resgate e remoção.

Além do resgate voluntário e do involuntário a equipe também está preparada para a remoção descaracterizada, ou seja, abordando o dependente em trajes civis, evitando reações mais agressivas e discrição durante a remoção. Nesse caso, normalmente é utilizado qualquer pretexto de aproximação combinado previamente com os familiares, levando o paciente até a instituição sem necessidade de maiores intervenções.

 Se você tem algum familiar que não aceita ajuda, procure o tratamento e encontre uma empresa de resgate dependente químico. O dependente, no futuro, vai agradecer.

clinica para dependentes químicos

WhatsApp

Saiba mais:

Gostou desse artigo? 

Últimas Notícias
Categorias
ambulância qual valor

Ambulância qual valor?

Curitiba, 05 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Com certeza você concorda com a afirmação de que os serviços de ambulância são vitais

Leia mais »