6 remédios caseiros para infecção urinária e como fazer

infecção urinaria

A infecção urinária é uma condição de saúde muito desagradável que afeta principalmente mulheres jovens.

É muito importante saber quais remédios caseiros podem ser usados ​​para tratá-la. 

Esse problema é considerado uma doença muito comum que afeta mais de dois milhões de pessoas todos os anos só no Brasil.

O tratamento da infecção do trato urinário inclui o uso de antibióticos também – mas os medicamentos caseiros são muito recomendados!

Então, vamos entender o que é infecção urinária e quais são os remédios caseiros mais usados ​​para esse problema.

O que é infecção urinária?

Uma infecção do trato urinário é um termo amplo usado para descrever uma infecção de uma estrutura do sistema urinário: rins, bexiga ou uretra. Geralmente é causada por bactérias.

Se a infecção afetar os rins, o paciente tem pielonefrite. Para a bexiga, a condição é chamada de cistite e, para a uretra, o paciente apresenta uretrite.

Ao urinar, o corpo também elimina bactérias. No entanto, às vezes as bactérias podem aderir às paredes da bexiga e se multiplicar rapidamente. Isso prejudica a capacidade do corpo de quebrá-los, causando uma infecção do trato urinário.

Os homens da empresa construtora de galpões têm uma melhor defesa natural contra infecções do trato urinário porque a próstata secreta hormônios que protegem contra bactérias. 

Nas mulheres, esse quadro é mais recorrente porque a uretra (o tubo que transporta a urina da bexiga para o exterior do corpo) é curta e próxima ao ânus.

Quais são os sintomas da infecção urinária?

Vontade constante de urinar urgentemente, pouco líquido, ardência, dores na bexiga, febre: tudo isso é sintoma de infecção urinária.

Esses sintomas geralmente variam de acordo com o tipo de infecção e a localização da doença.

Por exemplo, sintomas de infecção renal (pielonefrite) e infecção da bexiga (cistite) podem incluir febre, mal-estar, náuseas e vômitos, dor na parte inferior das costas ou no lado do rim afetado. 

Já quando a infecção atinge os homens na região da próstata, os sintomas podem incluir febre, dor e ardor ao urinar, incapacidade de urinar ou diminuição da produção de urina e dor no períneo (lugar dos testículos e ânus). 

Para infecções uretrais (uretrite), a diferença geralmente é quando a sensação de queimação começa ao urinar, geralmente no início e no final da micção. E ainda, esse tipo de infecção costuma ocorrer na urina, branca, amarela ou até transparente.

Esteja atento aos sintomas de mal-estar, dores musculares generalizadas, falta de apetite e náuseas ou vômitos durante o expediente na empresa de impermeabilização de fachadas.

Nesse caso, a infecção já está em um nível mais grave e pode ser necessário internação e acompanhamento.

6 receitas caseiras para infecção urinária

Os remédios caseiros para infecções do trato urinário, como chá de dente-de-leão ou extrato de salsa, têm efeitos antibacterianos, diuréticos e anti-inflamatórios que ajudam a remover as bactérias do canal.

Eles também aliviam sintomas como dor ou ardência ao urinar e aceleram a recuperação. 

Sendo assim, embora os remédios caseiros não substituem o tratamento médico, eles são uma boa maneira de aliviar a dor e o desconforto e podem ser usados ​​para complementar o tratamento prescrito por um médico.

Essas receitas são feitas com ingredientes naturais que podem ser encontrados em farmácias ou lojas de produtos naturais perto da empresa de despesas ordinárias de condomínio

Conheça 6 receitas infalíveis agora!

Chá de alho e gengibre

O chá de alho e gengibre possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias graças à alicina do alho e aos compostos fenólicos do gengibre, como o gingerol, o cogaol e a zingerona, que ajudam a combater os sintomas da infecção urinária.

Além disso, este chá ajuda a fortalecer o sistema imunológico e encurtar a duração da infecção do trato urinário.

Para fazer o chá, você vai precisar de 3 dentes de alho descascados e partidos ao meio; 1 cm de raiz de gengibre ou ½ colher de chá de gengibre moído; 3 xícaras de água e mel. Você pode organizar esses ingredientes quando comprar divisória de ambiente.

Ferva a água com o alho. Retire do fogo e acrescente o gengibre e o mel. Coe e sirva depois.

O gengibre não deve ser usado por quem toma anticoagulantes e, portanto, deve ser removido do chá nesses casos.

Chá de cavalinha

Tem um forte efeito diurético porque contém flavonóides como quercetina e apigenina, além de compostos fenólicos como ácido cafeico e cinâmico.

Todos esses elementos impulsionam a urina, o que ajuda a eliminar bactérias e a tratar as infecções urinárias na fabricante de portas de alumínio.

Adicione o talo de cavalinha seca a uma xícara de água fervente e deixe em infusão por cerca de 5 a 10 minutos. Coe e beba até 2 xícaras ao dia, preferencialmente após a principal refeição do dia.

Mas, atenção: esse chá não deve ser usado por mais de uma semana de cada vez para evitar a desidratação e a remoção de alguns minerais necessários ao organismo. Caso contrário, pode causar efeitos colaterais como:

  • Diarreia;
  • Dor de cabeça;
  • Pancreatite;
  • Perda de peso.

Além disso, também não deve ser usado por mulheres grávidas e lactantes ou pessoas com problemas como insuficiência cardíaca, pressão arterial baixa e doença renal devido aos seus fortes efeitos diuréticos e redutores da pressão arterial.

Chá de uva-ursi

O chá de uva-ursi possui propriedades antissépticas, diuréticas e anti-inflamatórias, pois contém substâncias como arbutina, hidroquinona e hidroxiacetofenona, que aumentam a produção de urina, limpam e reduzem o inchaço das vias urinárias. 

Além disso, alguns estudos mostram que a uva-ursi tem um efeito antimicrobiano que reduz o crescimento de microorganismos que causam infecções da bexiga, uretra e rins. Portanto, é uma excelente opção de receita caseira. Veja como fazer!

Ferva água com folhas de uva-ursi por cerca de 15 minutos. Coe e beba de 2 a 3 xícaras por dia por até 5 dias na estante em aço inox.

Este chá não deve ser usado por mulheres grávidas e lactantes, crianças menores de 12 anos ou pessoas com problemas estomacais, como gastrite ou úlceras.

O chá de uva-ursi pode causar efeitos colaterais quando usado em quantidades maiores do que o recomendado, causando sintomas como zumbido nos ouvidos, náuseas, vômitos, falta de ar ou convulsões.

Cranberry

Trata-se de uma fruta rica em vários grupos de flavonóides e famosa por ser uma excelente aliada no tratamento natural de infecções urinárias. 

Embora não tenha sido determinado com precisão quais componentes contribuem para o tratamento, possíveis mecanismos podem ser os efeitos protetores dos polifenóis como agentes antiaderentes que impedem a adesão ao trato urinário. 

Os extratos de cranberry foram melhores do que o placebo no alívio dos sintomas de dor e desconforto durante a micção e recorrência da infecção.

Alguns estudos também relataram uma interação benéfica entre oxicodona, microbiota intestinal e metabolismo renal. O corpo precisa estar funcionando bem para que o serviço de valor de vistoria veicular seja entregue, não é mesmo?

Probióticos

Os probióticos são microrganismos benéficos que podem ser utilizados como alimentos ou suplementos dietéticos. Esses microorganismos são saudáveis ​​e ajudam o corpo humano a funcionar, especialmente o sistema digestivo.

Um estudo publicado no Canadian Journal of Urology descobriu que Lactobacillus, uma família comum de probióticos, reduziu significativamente o risco de infecções do trato urinário em mulheres adultas.

Além disso, outro estudo publicado descobriu que combinar o uso de alimentos probióticos com a administração de antibióticos aumentava a eficácia dos medicamentos.

Os probióticos são encontrados em alimentos como iogurte, kefir, leite fermentado e kombucha.

Bicarbonato de sódio

A ação do bicarbonato é muito eficaz porque altera o pH da urina e a torna menos ácida. Neste ambiente menos ácido, as bactérias responsáveis ​​pela infecção não podem prosperar.

Bicarbonato para infecção urinária é um remédio muito antigo. Não só funciona, como também atua como um forte preventivo.

Essa medida preventiva é muito importante porque quem já teve algum tipo de infecção vai ter o problema novamente.

Então, se esse é o seu caso, deve tomar bicarbonato de sódio regularmente porque praticamente elimina o risco de infecção.

Basta adicionar uma colher (chá) de bicarbonato de sódio a um copo de 200mL de água. Em seguida, adicione algumas gotas de limão e beba.

Faça isso com o estômago vazio ou pelo menos duas horas antes de uma refeição nas empresas fabricantes de nitreto de silício

Use este medicamento por pelo menos sete dias consecutivos se for prescrito para tratar uma infecção estabelecida. Para ação preventiva, consuma por até 15 dias. Faça uma pausa de duas semanas e continue por mais duas.

Conclusão

Há muitas maneiras recomendáveis para tratar uma infecção urinária. Leia todas com atenção e escolha aquela (ou aquelas) que fazem mais sentido pra você!

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Saiba mais:

Gostou desse artigo? 

Gilson Rodrigues de Siqueira

Formado em enfermagem, pós graduado, palestrante em dependência química, diretor e proprietário da Brasil Emergências Médicas, Visão Tattoo e escritor nas horas vagas.