Clínica de reabilitação. Retome o controle da sua vida!

Curitiba, 13 de fevereiro de 2021, escrito por Gilson Rodrigues. Uma clínica de reabilitação tem como principal objetivo recuperar um dependente de drogas ou de álcool, fazendo com que volte a ter uma vida normal, junto a sua família e seus amigos, ocupando novamente seu espaço na vida profissional.

Uma das dúvidas mais comuns entre pessoas que precisam internar familiares ou amigos é sobre o funcionamento da clínica de reabilitação, como, por exemplo, o tipo de tratamento aplicado, o tempo que demora para uma pessoa se recuperar e se o tratamento oferece eficácia.

Para quem tem um familiar ou amigo dependente químico, muitas vezes parece não haver qualquer solução viável, que possa fazer com que a pessoa saia do mundo das drogas. Certamente, a recuperação não é um processo simples e vai exigir muito, principalmente do próprio dependente, que precisa se conscientizar a da necessidade de controlar a dependência química.

A clínica de reabilitação é um estabelecimento especializado no tratamento de dependentes químicos, utilizando os serviços e conhecimentos de uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, psicólogos, psiquiatras, enfermeiros e terapeutas, que se disponibilizam em tempo integral para oferecer meios ao dependente químico de forma a superar todos os problemas gerados pelo uso de substâncias ilícitas.

Precisando de uma ambulância?

WhatsApp

Como é uma clínica de reabilitação

Uma clínica de reabilitação, de forma geral, deve estar localizada em local de acesso restrito, permitindo que o dependente possa ser cuidado com tranquilidade e discrição, longe do mundo que o levava ao consumo de drogas.

A clínica oferece ao paciente as acomodações necessárias e os serviços de internação, onde ele irá receber todos os cuidados necessários, dentro de um tratamento intensivo, quando necessário, ou seja, quando há um alto grau de dependência química.

Essas condições são necessárias, uma vez que, mesmo nem sempre tenha sido reconhecida como doença, a dependência pode ser tratada, embora não tenha cura.

A dependência química, até meados do século passado, era vista como consequência de falha de caráter, ou de algum distúrbio psiquiátrico. No entanto, mudou-se essa percepção quando se constatou que é um problema causado pela interferência provocada pelas drogas em determinadas áreas do cérebro, principalmente no sistema de recompensa, situação que obriga o dependente químico a procurar cada vez mais consumir maiores quantidades da substância em que se tornou dependente.

A internação em clínica de reabilitação, depois disso, tornou-se uma solução para os problemas causados pelas drogas. Assim, é possível ter a ajuda necessária, através de métodos terapêuticos que garantem a restauração da dignidade para a pessoa que se tornou dependente.

Estamos online para te ajudar! Fale com nosso especialista:

Veja nossas avaliações

Diana Vilarinho
Diana Vilarinho
18. Julho, 2022.
Verificada
Excelente, prestativos, atenciosos , tratamento muito bom. Nota 10. Utilizei o serviço de remoção para consulta. Muito bom.
Maria L Diniz
Maria L Diniz
16. Julho, 2022.
Verificada
Um excelente atendimento! 🙏💜
Daiane Rosolen
Daiane Rosolen
8. Julho, 2022.
Verificada
Atendimento top! Sr. Gilson muito prestativo e super atencioso no atendimento telefônico. Eu agradeço pela gentileza. Coisa rara hoje em dia.
Carolina Luhm Crivellaro
Carolina Luhm Crivellaro
4. Julho, 2022.
Verificada
Excelente atendimento pela equipe.
Ozana Storck
Ozana Storck
21. Junho, 2022.
Verificada
Serviço de excelência
Rosa Pelizari
Rosa Pelizari
1. Junho, 2022.
Verificada
Realizei alguns exames com a Brasil e fui muito bem atendida. Os profissionais são pontuais, educados e qualificados. Obrigado pelo ótimo atendimento.
Izabel Martins Campos
Izabel Martins Campos
23. Maio, 2022.
Verificada
Valmir Mendes
Valmir Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Maria Mendes
Maria Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Rosimeire Ribeiro
Rosimeire Ribeiro
5. Maio, 2022.
Verificada

WhatsApp

Como funciona uma clínica de reabilitação

Quando um dependente químico assume que está doente e que precisa buscar ajuda, demonstrando vontade de fazer o tratamento, a clínica de reabilitação pode recebe-lo de forma imediata. Tanto para ele quanto para sua família, a atitude é positiva, demonstrando sua vontade de se recuperar.

Contudo, nem sempre acontece isso. Em algumas situações é necessário que os familiares tomem a atitude, fazendo a internação involuntária. Nesse caso, existem clínicas que se responsabilizam pelo resgate do paciente, conduzindo-o para o tratamento, evidentemente, tomando todos os cuidados para que esteja em segurança.

Na clínica de reabilitação não é aplicado um único tratamento para todos os dependentes químicos. Em determinados casos, nem é necessária a internação, principalmente quando o paciente é quem procura o tratamento e não apresenta grau de dependência muito alto.

Cada caso, portanto, é estudado individualmente para que possam ser aplicadas as terapias. O tratamento pode ser aplicado de maneira diferente para cada um, seja como interno, como externo ou através de internação parcial.

Além disso, o tratamento na clínica de reabilitação também é diferenciado com relação ao tipo de dependência apresentado, como, por exemplo, a dependência de álcool, que apresenta características específicas, devendo ser adequado à situação física e psicológica de cada paciente.

Entre os tratamentos disponibilizados existe a internação intensiva, um tipo de tratamento de curto prazo, direcionado para os casos mais graves, que é aplicado por profissionais especializados em dependência química.

A internação intensiva busca atingir resultados de forma mais rápida e eficaz, sendo oferecido a pacientes que apresentam baixa ou média complexidade e que, na sua vida normal, não podem abandonar por muito tempo suas atividades profissionais.

O tratamento de internação intensiva na clínica de reabilitação pode ter duração máxima de dois meses, período em que o paciente recebe acompanhamento integral, com o apoio necessário para cuidar de sua dependência, podendo retornar à sua vida normal em menos tempo.

A técnica vem apresentando bons resultados, devendo ser aplicada com aprovação médica e numa clínica de reabilitação confiável. O tratamento intensivo é uma modalidade de terapia que deve ser aplicada por uma equipe multidisciplinar competente, já que se trata de focalizar na dependência e na conscientização do dependente para que possa receber alta e não retornar ao uso de drogas.

Na maior parte dos casos, o dependente químico não apresenta apenas a dependência, mas também problemas físicos, através de doenças oportunistas, além dos conflitos emocionais e de casos de depressão. Como essas condições não podem deixar de ser tratadas, é preciso escolher a clínica com critério.

Na internação intensiva em clínica de reabilitação, o paciente vai receber tratamento integral, dedicando todo o seu tempo para a reabilitação e recuperação, recebendo diversos serviços, com atividades que promovam a sua ressocialização e reinserção na sociedade.

As atividades são realizadas de forma individual e coletiva, onde o paciente tem a oportunidade de conhecer outras pessoas e interagir com elas, participando de palestras coletivas e atendimento individual, onde são tratados os mais diversos assuntos relacionados com a dependência.

A clínica de reabilitação promove atividades em que o paciente fica conhecendo outras experiências, tenha ciência de histórias de superação e encontre a motivação necessária para dar continuidade ao processo de desintoxicação.

Apoio de profissionais na clínica de reabilitação

Um ponto fundamental para esse tipo de tratamento é o apoio de terapeutas, principalmente porque o paciente está passando por uma fase bastante complicada, com traumas psicológicos ou problemas de saúde que envolvem não apenas ele, mas também seus familiares.

O apoio psicológico e terapêutico é essencial para tratar questões como a depressão, a ansiedade, possíveis crises de ataques de pânico e dificuldades em relacionamentos. São problemas que merecem a atenção e que, por isso, devem ser tratados com cuidado.

Além dos cuidados terapêuticos, o paciente também passa por acompanhamento integral por parte de médicos, psiquiatras e psicólogos, podendo cuidar de sua saúde física, mental e emocional.

Para oferecer todo o atendimento é essencial que a clínica de reabilitação mantenha uma equipe multidisciplinar, com profissionais especializados que conheçam o problema e forneçam o tratamento adequado.

O trabalho da equipe multidisciplinar é feito em conjunto, com os profissionais compartilhando informações e complementando o tratamento, permitindo que o paciente absorva tudo o que seja necessário para não retornar ao uso de drogas.

O tratamento é conduzido dessa maneira, uma vez que não é apenas cuidar da dependência, mas também de todas as causas que levaram o paciente a essa condição e, para que se obtenha bons resultados, é necessário cuidar da saúde do paciente como um todo.

Nas atividades coletivas, o paciente encontra a oportunidade de interagir com outros pacientes que passam pela mesma situação que ele próprio e, portanto, consegue forças para estabelecer melhores relacionamentos, recebe apoio e acolhimento por parte dos outros pacientes e também fornece esse apoio e acolhimento.

Com as atividades em grupo na clínica de reabilitação, o paciente consegue perceber que não está sozinho enfrentando o grande problema da dependência, sentindo-se mais forte e mais motivado para dar continuidade ao tratamento.

O tratamento feito de forma intensiva, no entanto, precisa de alguns cuidados, não podendo ser aplicado em todos os casos. O paciente deve, antes, ser analisado por uma equipe multidisciplinar da própria clínica de reabilitação para conhecer suas condições físicas e seu grau de dependência.

É necessário saber se o modelo de internação intensiva é o mais adequado e se irá oferecer os resultados esperados. O modelo de internação não pode ser recomendado para pessoas que apresentem grau de dependência mais elevado, já que esse tipo de paciente vai precisar de maior tempo de acompanhamento.

Acompanhamento após a internação em clínica de reabilitação

O acompanhamento depois do período de internação é realizado com todo e qualquer paciente. No entanto, quando se trata de internação intensiva, esse acompanhamento deve ser ainda mais criterioso, principalmente por se tratar de um período muito curto.

O dependente químico é portador de uma doença incurável e, em muitos casos, o acompanhamento psicológico deve ser feito pelo resto de sua vida para evitar que ele tenha recaídas e se mantenha dentro dos padrões normais de conduta.

Tratamento com internação normal em clínica de recuperação

Além do tratamento com internação intensiva, a clínica de recuperação também oferece o tratamento normal, onde o paciente vai receber cuidados durante todas as horas do dia enquanto estiver precisando. O tratamento, nesse caso, não tem um prazo estabelecido, podendo chegar a seis meses ou mais.

O tratamento com internação de longo prazo pode ser feito pela própria vontade do paciente ou como internação involuntária, feita através de pedido dos familiares à Justiça, sendo determinado por ordem judicial.

O tratamento na clínica de reabilitação, ao longo do tempo, vai trabalhar com o paciente da mesma forma que no tratamento intensivo, buscando sua ressocialização e seu controle sobre a dependência, permitindo que retorne à sua vida familiar, social e profissional.

Tratamento externo na clínica de reabilitação

O terceiro modelo de tratamento é o externo, quando o paciente não está em alto grau de dependência, podendo apenas visitar a clínica de reabilitação onde vai receber o apoio psicológico e participar dos grupos de terapia.

Além disso, ele é orientado a procurar grupos de apoio externos, como os Alcoólicos Anônimos e os Narcóticos Anônimos.

Nesse modelo de tratamento, o paciente pode continuar com sua vida normal, trabalhando, se este for o caso, e podendo dormir em sua própria casa, sendo indicado para os casos mais leves de dependência ou mesmo para continuidade do tratamento depois de liberado da clínica de reabilitação.

WhatsApp

Tratamento de internação parcial em clínica de reabilitação

O modelo de internação parcial combina os tratamentos interno e externo, em que o paciente recebe os cuidados necessários durante o dia e pode retornar para sua casa à noite.

Os efeitos da abstinência para o dependente químico

O tratamento em clínica de reabilitação é necessário em razão dos efeitos provocados pela abstinência no organismo do dependente, principalmente quando ele faz uso das drogas há mais tempo.

A dependência se torna uma doença que provoca dores orgânicas e processos psicológicos que o usuário de drogas não consegue suportar por conta própria. O organismo, com o uso de certas drogas, sente a falta da substância, ao mesmo tempo em que o cérebro exige quantidades cada vez maiores para ter os efeitos gerados pelo sistema de recompensa do cérebro.

A fase de desintoxicação é a mais difícil para o paciente, quando ele passa pela síndrome da abstinência, sentindo todos os sintomas apresentados pela falta das drogas, como crises de ansiedade, desconforto físico, tremores pelo corpo e alterações na pressão cardiovascular.

Contudo, a fase de abstinência é uma etapa necessária para a recuperação de qualquer dependente e é exatamente isso o que a clínica de reabilitação promove, ajudando-o a superar e se conduzir com mais conforto para o controle da dependência.

A fase de desintoxicação, que acompanha as crises de abstinência, é a etapa que estabelece inclusive os meios para que o paciente possa se recuperar. Nesse período, ele vai passar por uma limpeza de seu organismo, eliminando os resquícios das substâncias que usava e sentindo sua mente livre dos efeitos das drogas.

Em certos casos, é necessário que o paciente utilize medicamentos para superar os difíceis momentos da abstinência, alimentando-se com comida especial, passando por terapias ocupacionais e participando dos grupos de apoio.

Como escolher uma clínica de reabilitação

A clínica de reabilitação deve ser escolhida com o máximo de cuidado por parte do paciente voluntário ou de seus familiares. É preciso realizar uma boa pesquisa para saber se ela poderá oferecer a estrutura necessária para o paciente, além de conhecer pessoalmente a equipe multidisciplinar que irá promover o tratamento.

Algumas recomendações devem ser feitas para encontrar a clínica de reabilitação mais adequada:

  • Obter o máximo de informações e de referências sobre o estabelecimento;

  • Conversar com os profissionais responsáveis para eliminar todas as dúvidas ou questões;

  • Analisar a localização da clínica e o acesso restrito;

  • Conhecer pessoalmente a clínica, verificando a infraestrutura oferecida;

  • Observar os métodos de tratamento, o plano oferecido e o cronograma de atividades;

  • Conferir se a clínica de reabilitação está autorizada e se possui os registros exigidos pelos órgãos governamentais.

No Brasil é possível encontra diversas clínicas para tratamento de dependentes de drogas e álcool, tanto públicas quanto privadas. A melhor forma de procurar pela mais adequada é através da indicação de especialistas, ou a recomendação por parte deles, depois de uma pesquisa na internet sobre a mais próxima da localidade do paciente.

Dessa forma, os familiares poderão acompanhar o tratamento e oferecer o apoio necessário ao tratamento, conseguindo maiores chances de recuperação para o dependente.

É importante que tanto a família quanto o próprio dependente entendam que, depois do tratamento, o dependente irá passar por momentos ainda complicados, quando poderá sentir momentos de fraqueza e ter recaídas. Portanto, muito vai depender da qualidade dos serviços prestados pela clínica de reabilitação, embora a maior parte esteja sob a responsabilidade do próprio paciente.

Um ponto interessante que pode oferecer melhores condições de reabilitação ao paciente é a participação do próprio paciente depois do tratamento, ajudando outros dependentes a se recuperar. Com esse trabalho que, na maior parte das vezes é voluntário, o dependente vai encontrar mais forças para vencer o apelo das drogas e conseguirá evitar recaídas.

Contudo, vai depender dele próprio inclusive essa participação. Como entende-se atualmente, o tratamento em clínica de reabilitação permite recuperar mais de 80% dos pacientes tratados, mas é inevitável que se impeça o seu acesso às drogas.

Como se trata de um trabalho que envolve mente e corpo, a participação do paciente é de extrema importância para sua recuperação. Dessa forma, quanto mais ele participar e quanto mais estiver próximo a pessoas que passaram pela mesma situação, maior será sua conscientização para não ter recaídas.

O dependente químico precisa de todo o apoio possível por parte da família e dos amigos.

Se houver necessidade em sua família, procure uma clínica de reabilitação que ofereça todos os serviços, como de aluguel de ambulância, acompanhamento clínico e psicológico, atendimento pós-tratamento e outros necessários, para que o dependente tenha todas as condições de se recuperar e retornar à sua vida normal.

Se você tem algum familiar que não aceita ajuda, procure o tratamento e encontre uma empresa de resgate dependente químico. O dependente, no futuro, vai agradecer.

clinica de reabilitação

WhatsApp

Saiba mais:

Gostou desse artigo? 

Últimas Notícias
Categorias
ambulância qual valor

Ambulância qual valor?

Curitiba, 05 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Com certeza você concorda com a afirmação de que os serviços de ambulância são vitais

Leia mais »