Sinais de dependência química e suas consequências

sinais de dependência química e suas consequências

Curitiba, 13 de fevereiro de 2021, escrito por Gilson Rodrigues. Quando existe diálogo e uma relação aberta, as marcas para descobrir se uma pessoa está fazendo uso de substância química são facilmente percebidas.

No entanto, quando também existe a ausência de diálogo, alguns sinais podem ajudar um pai, uma mãe, um tio… a identificar se alguém está usando drogas.

Assim, quando você conhece sobre os sinais de dependência química, bem como também suas consequências, fica muito mais fácil oferecer ajuda ao usuário de drogas a fim de que ele se livre deste mal.

Continue com a leitura e saiba mais sobre este assunto tão importante.

Confira!

WhatsApp

Sinais de dependência química

Veja abaixo, os  sinais de dependência química que algumas drogas causam aos seus usuários:

  • Cocaína

Após o dependente inalar o pó branco (cocaína) seu coração fica bastante acelerado, há diminuição do sono, os olhos ficam estatelados e o maxilar trava de modo que ele fica com dificuldades para articular palavras.

Ademais, quando o usuário de modo prolongado esta substância química ocorre o emagrecimento.

  • Maconha

Depois que o usuário faz uso da maconha ele normalmente ri de qualquer coisa, começa a ficar sonolento, senti muita fome, seus olhos ficam bem avermelhados e as pontas dos dedos costumam ficar amareladas.

  • Lança perfume

Esta substância química provoca o efeito chamado “tuim”, segundo a gíria dos usuários para a sensação que esta droga promove.

Este “tuim” se refere a determinada confusão mental que o dependente químico tem por alguns instantes e que passa rapidamente após alguns segundos.

  • Crack

Esta é uma droga ilícita bastante difundida atualmente que depois do usuário fazer uso dela ele tem alucinações chegando até mesmo a pensar que existe alguém lhe perseguindo a todo momento.

Além destes sinais, o dependente químico também tem a temperatura do corpo elevada, perde o apetite e fica muito agitado.

  • Heroína

A pessoa que faz uso da heroína (uma substância derivada da morfina) logo após começa a entrar em um estado sonolento, sua respiração e batimentos cardíacos diminuem, e com o tempo surgem marcas na região onde foi aplicada esta droga.

  • Lsd

Os principais sinais de dependência química que esta droga causa são alucinações que provocam excitação, euforia, susto e até mesmo o pânico.

Tal substância é tão forte e perigosa que mesmo após semanas sem consumi-la o dependente pode a qualquer instante sentir os mesmo efeitos do que se ele estivesse usado a droga naquele momento.

Além dos sinais relativos a estas  drogas, existem também outros mais comuns que podem indicar que uma pessoa está usando substâncias químicas ou abusando do álcool:

  • Mudança brusca de comportamento.
  • Ausência de motivação para atividades simples.
  • Olheiras, fala pastosa e boca seca.
  • Abandono dos estudos ou queda do rendimento escolar.
  • Alterações súbitas de humor.
  • Mantém conversas telefônicas com desconhecidos.
  • A pessoa anda deprimida, retraída, cansada e descuidada do aspecto pessoal (barba, unhas, cabelo…)
  • Aumento drástico do apetite.
  • Constante uso de óculos escuros (no período da noite, dentro de casa…)
  • Desaparecimento de objetos de valor.
  • Gasto incomum de dinheiro.
  • Objetos como caixa de fósforos furadas no centro, cartões de crédito para pulverizar o pó, canetas sem carga para aspirar a droga também são sinais de dependência química.
  • Mudança radical do grupo de amizades.
  • Mesmo em dias quentes o usuário usa camisetas de manga comprida.
  • Sofre distúrbios de sono.

Sendo assim, você deve ficar alerta e observar tais sinais já que eles normalmente vem acompanhados de sintomas mais severos do consumo de alguma substância química e merecem atenção redobrada.

Sinais de dependência química: Consequências 

É importante você saber que tudo se inicia com a intenção de obter prazer; e isto as substâncias químicas proporcionam aos seus usuários. Por este motivo existe a repetição do uso.

Contudo, com o uso repetitivo de drogas o organismo do usuário desenvolve a tolerância fazendo com que ele aumente gradativamente o consumo; é exatamente isto que desencadeia a dependência química!

Esta dependência química resulta em consequências desastrosas que afetam o dependente em todas as áreas de sua vida, tais como:

  • Descontrole emocional e sentimental.
  • Comportamento desregrado.
  • Agressões, brigas e discussões.
  • Descumprimento de suas responsabilidades.
  • Afastamento do convívio familiar.
  • Prostituição.
  • Desestruturação familiar.
  • Adultério.
  • Queda de produtividade no trabalho.
  • Insatisfação profissional e pessoal.
  • Pode ser preso.
  • Não se importa mais com que os outros pensam de si.
  • Faz qualquer coisa para conseguir dinheiro que sustente o vício.

Vale salientar que cada droga possui uma característica específica, porém todas elas levam ao mesmo lugar e destroem não somente o usuário, mas também afeta negativamente seus familiares e entes de seu convívio.

Sinais de dependência química, como ajudar?

O quanto antes você buscar ajudar o dependente químico, mais fácil será o tratamento. Por outro lado, se você demorar muito em procurar auxílio para esta pessoa, mas difícil se torna do usuário de drogas se libertar do vício.

Desta forma, assim que você notar sinais/sintomas de dependência química nesta pessoa faça de tudo para ajudá-la!

As consequências da dependência química, como você pode perceber, são graves e podem afetar muitas pessoas e também levar o dependente químico à morte.

Assim, para ajudar o dependente químico você deve:

  • Buscar saber mais sobre as substâncias químicas e seus efeitos.
  • Reconhecer o vício como sendo um problema sério.
  • Não manter uma postura agressiva para com o usuário.
  • Conversar com ele a fim de identificar o motivo da busca pelas drogas.
  • Não ser codependente com o vício.
  • Manter o equilíbrio.
  • Oferecer apoio e tratar o dependente químico com muito amor e compreensão.
  • Realizar uma remoção do dependente químico.

Ademais, é necessário que você convença o usuário a obter ajuda e mostre a ele as consequências que tal vício pode trazer à sua vida.

Caso ele hesite em receber ajuda para tratar a dependência química você tem o direito de optar pela internação compulsória como forma de fazer com este seu ente querido se afaste do mundo das drogas e se livre de tamanha dor e sofrimento.

Portanto, agora que você sabe mais sobre os sinais de dependência química e suas consequências fique alerta quanto aos comportamentos desta pessoa e ofereça ajuda o quanto antes para ela.

Se você tem algum familiar que não aceita ajuda, procure o tratamento e encontre uma empresa de resgate dependente químico. O dependente, no futuro, vai agradecer.

WhatsApp

Saiba mais:

Gostou desse artigo?