Serviço de ambulância na clínica de recuperação

Curitiba, 13 de fevereiro de 2021, escrito por Gilson Rodrigues. A dependência química é uma doença que exige atenção especial, principalmente em razão de haver situações específicas com relação a cada paciente. Em alguns casos, é necessário utilizar o serviço de ambulância para resgatar ou para internar um dependente químico e esse trabalho deve ser feito de forma personalizada, como acontece com o tratamento na clínica de recuperação.

As drogas, atualmente, estão se tornando um dos mais sérios problemas de saúde pública no mundo todo. A facilidade com que podem ser encontradas, o próprio sistema social e econômico em que vivemos, os apelos da sociedade de consumo, tudo parece contribuir para encaminhar cada vez mais pessoas sérias e envolvidas em suas atividades para um submundo cruel e destruidor.

A solução que se apresenta como mais viável para cuidar da dependência química é através das clínicas de recuperação. O serviço de ambulância é uma das facilidades oferecidas pelas clínicas para que os familiares tenham meios mais seguros e eficientes de conduzir um dependente químico para tratamento.

A condução do dependente através de ambulância pode ser realizada de forma involuntária ou compulsória, com a utilização dos serviços de enfermeiros e profissionais capacitados para essa empreitada, ou também pode ser feita em veículos sem qualquer identificação, evitando que os familiares passem por situações constrangedoras, quando o caso se apresenta mais grave, ou quando o próprio paciente que deseja ser internado o solicita.

Para os familiares, o serviço de ambulância é uma forma de poder conduzir um dependente químico em situação mais grave com toda a segurança para a clínica de recuperação.

Precisando de uma internação involuntária?

WhatsApp

Quando usar o serviço de ambulância

Como todos sabemos, quando o dependente se torna obcecado pelas drogas que consome, dificilmente ele vai aceitar que está doente e que precisa de tratamento especializado.

A família pode conseguir a internação involuntária do paciente através da Justiça, com atestado de um médico que indique essa modalidade de internação como único meio de preservar a saúde do dependente químico ou mesmo a integridade física dos familiares.

O grande problema surge quando o dependente químico precisa ser encaminhado para a clínica: ele não irá aceitar facilmente ficar sem o uso de drogas, visto já estar acostumado e, entre os grandes medos que vai apresentar estão os sintomas da síndrome de abstinência.

Todo dependente químico sabe exatamente o que sente durante a crise de abstinência. A falta de drogas no organismo vai provocar ansiedade, irritabilidade, muitas vezes agressividade, já que o cérebro parece depender unicamente do princípio ativo presente na droga que o dependente está usando e ele pode entrar em pânico quando não a consegue.

Normalmente, ao perceber que está sendo conduzido para uma clínica de recuperação, a primeira reação é fugir ou enfrentar as pessoas que estão tentando ajuda-lo e, nesse momento, o serviço de ambulância é o mais indicado, já que conta com profissionais habilitados e experientes nos cuidados com dependentes químicos.

A equipe de ambulância é composta por socorristas e por enfermeiros. Havendo necessidade, também um profissional médico é mobilizado para resgatar o dependente químico.

Os profissionais estão preparados para atender cada situação em particular, conhecendo as principais reações dos dependentes químicos e agindo de forma a manter sua integridade, sem usar da força ou da violência para conduzi-lo ao tratamento de que está necessitando.

Estamos online para te ajudar! Fale com nosso especialista:

Veja nossas avaliações

Diana Vilarinho
Diana Vilarinho
18. Julho, 2022.
Verificada
Excelente, prestativos, atenciosos , tratamento muito bom. Nota 10. Utilizei o serviço de remoção para consulta. Muito bom.
Maria L Diniz
Maria L Diniz
16. Julho, 2022.
Verificada
Um excelente atendimento! 🙏💜
Daiane Rosolen
Daiane Rosolen
8. Julho, 2022.
Verificada
Atendimento top! Sr. Gilson muito prestativo e super atencioso no atendimento telefônico. Eu agradeço pela gentileza. Coisa rara hoje em dia.
Carolina Luhm Crivellaro
Carolina Luhm Crivellaro
4. Julho, 2022.
Verificada
Excelente atendimento pela equipe.
Ozana Storck
Ozana Storck
21. Junho, 2022.
Verificada
Serviço de excelência
Rosa Pelizari
Rosa Pelizari
1. Junho, 2022.
Verificada
Realizei alguns exames com a Brasil e fui muito bem atendida. Os profissionais são pontuais, educados e qualificados. Obrigado pelo ótimo atendimento.
Izabel Martins Campos
Izabel Martins Campos
23. Maio, 2022.
Verificada
Valmir Mendes
Valmir Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Maria Mendes
Maria Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Rosimeire Ribeiro
Rosimeire Ribeiro
5. Maio, 2022.
Verificada

WhatsApp

Como escolher a remoção de pacientes em ambulância

Antes de contratar a clínica de recuperação em que o dependente químico deverá passar pelo tratamento, a família deve fazer uma pesquisa criteriosa e detalhada, buscando aquela que possa oferecer o melhor tratamento para a pessoa que será internada.

Na maior parte dos casos, as clínicas de recuperação também oferecem o serviço de remoção de pacientes em ambulância, se houver necessidade de conduzir o dependente químico através do resgate.

No caso de não oferecer esse tipo de serviço, a clínica poderá indicar uma empresa responsável que faça esse resgate e que tenha conhecimentos específicos para conduzir o dependente de forma segura para a clínica.

A família é parte importante no tratamento dependente químico e, portanto, deve fornecer o máximo de informações à clínica de recuperação para que o paciente possa ser removido de forma discreta, sem alardes ou traumas.

Para assegurar a confiança da família, os responsáveis pela clínica de recuperação irão corresponder às expectativas dos familiares, passando todas as informações necessárias sobre a equipe do serviço de ambulância, comprovando que são especialmente qualificados para este tipo de ação de resgate.

A clínica de recuperação sempre vai procurar fazer o serviço de remoção de pacientes em ambulância com o máximo de discrição, evitando todo tipo de manifestação que possa constranger os familiares nesse momento tão difícil e dramático.

Porque o serviço de ambulância é importante

O resgate de um dependente químico, ou seja, a utilização do serviço de ambulância para conduzi-lo a uma clínica de recuperação, é de suma importância, tanto para o dependente químico quanto para sua família, já que se trata do início do processo de recuperar a vida de um familiar, fazendo com que deixe a vida com o uso de drogas e retorne à normalidade de suas atividades anteriores, com trabalho, estudo e vida social, profissional e familiar.

O resgate pelo serviço de remoção de pacientes em ambulância deve ser realizado de acordo com a condição do dependente químico. O processo pode ser voluntário, quando o próprio dependente aceita o tratamento e, nesse caso, pode ir voluntariamente para a clínica ou pode solicitar o transporte pelo pessoal indicado pela clínica.

No caso de internação involuntária, quando os familiares solicitam à Justiça a internação do dependente químico, o serviço de ambulância deve ser solicitado pelos familiares a partir do momento em que conseguem o alvará do juiz para conduzir o dependente à clínica de recuperação.

Nesses casos, a internação deve ser feita dentro do período máximo de 72 horas a partir da emissão do alvará e a clínica de recuperação estará pronta para atender o resgate com o serviço de remoção de pacientes em ambulância, principalmente quando o atestado foi emitido pelo psiquiatra responsável da própria clínica.

Os responsáveis pela clínica de recuperação entendem que a situação sempre provoca sofrimento e dor aos familiares do dependente, além do que o próprio dependente também sofre com sua condição.

serviço de ambulancia

Contudo, como se trata de uma doença, um dos mais sérios problemas enfrentados pelo dependente é encontrar forças para se livrar do uso das drogas e o serviço de remoção de pacientes em ambulância, nesses casos, apresenta-se como uma alternativa para aliviar a família dos problemas causados pelo dependente, ao mesmo tempo em que abre a possibilidade de o dependente se livrar das drogas, começando um novo caminho em sua vida.

Quando a família contrata uma clínica de recuperação e solicita o serviço de ambulância para resgatar o paciente, apenas é necessário que os familiares detalhem exatamente o comportamento do dependente químico, já que essas informações serão o subsídio para que os profissionais possam estabelecer as melhores estratégias do resgate, além da composição da equipe que irá conduzir o paciente.

O paciente deve ser transportado com total segurança, evitando a possibilidade de qualquer trauma que possa dificultar o processo de tratamento. Portanto, a abordagem na hora do resgate deve ser a mais tranquila e cautelosa possível.

A família é orientada nesse momento a entender que ali, durante o resgate, já está começando o tratamento de recuperação de seu ente querido.

O serviço de ambulância é uma modalidade de atendimento que, na maior parte das clínicas de recuperação, é oferecido durante qualquer hora do dia ou da noite, entendendo que um dependente pode sofrer uma grave crise, principalmente em razão de overdose e, portanto, todos os membros da equipe se mantém preparados para qualquer eventualidade.

A remoção de pacientes: para internação voluntária e involuntária

serviço de ambulancia

O serviço de ambulância pode ser usado tanto para internação voluntária quanto para internação involuntária. A equipe de resgate, composta por enfermeiros e socorristas, além de médico em caso de necessidade, está devidamente preparada para qualquer tipo de situação, sempre mantendo o objetivo de preservar a integridade e o bem-estar do dependente químico.

Os tipos de resgate oferecidos pela clínica de recuperação através da remoção de pacientes podem ser os mais diferenciados, como, por exemplo:

Casos de remoção especial

A remoção especial acontece quando o dependente químico está totalmente tomado pelos efeitos de drogas e se nega a receber a ajuda oferecida pela família, necessitando, nessa situação de condução involuntária.

Nessa situação, a clínica de recuperação oferece a remoção de pacientes com equipamentos de primeiros socorros e uma equipe devidamente treinada, com enfermeiro especializado em aplicar o atendimento de emergência, principalmente em casos de overdose.

Casos de condução voluntária

No caso de condução voluntária, quando o paciente não apresenta condições de ser levado à clínica de recuperação ou quando a família não tem meios de conduzi-lo, a remoção de pacientes é feito com carro sem quaisquer características que identifiquem o tipo de atividade, sempre contando com monitores treinados.

Não havendo necessidade de enfermeiros e socorristas, a clínica de recuperação utiliza os serviços de uma equipe especialmente treinada para a condução voluntária do dependente químico, oferecendo-lhe total segurança e sigilo em sua remoção.

Entendendo que os monitores estão agindo em seu benefício, o próprio dependente químico irá se prontificar para sua condição à clínica de recuperação onde, por sua própria vontade, poderá se submeter ao tratamento e readquirir a vida que perdeu para o submundo das drogas.

WhatsApp

Como a família deve agir no caso de remoção do dependente químico?

Tendo consciência de que a clínica de recuperação é o ambiente mais adequado para quem sofre de dependência química, os familiares são devidamente orientados com relação a todos os procedimentos necessários para o início do tratamento.

Essa orientação é feita em qualquer processo de internação, tanto no voluntário quanto no involuntário, já que cada situação exige um tipo de procedimento adequado.

O resgate do dependente químico pelo serviço de ambulância marca o início do tratamento. A equipe de resgate sempre está preparada para qualquer situação e, portanto, se houver necessidade de atendimento especial, ele será aplicado.

É importante destacar que a remoção de dependente químico deve ser solicitado apenas em casos em que o dependente químico está oferecendo riscos a si mesmo ou aos seus familiares e isso é importante, já que, em determinadas condições, o dependente pode chegar à morte, seja por meios físicos ou por excesso de drogas no organismo.

Essas considerações devem ser feitas principalmente como um alerta para os familiares. Quando um integrante da família se envolve com drogas, ele está enveredando pelos três caminhos fatais do mundo das drogas: o crime, o cemitério ou a cadeia.

Para evitar essas alternativas que, evidentemente, são consideradas fatais, a clínica de recuperação sempre é o melhor caminho para o dependente químico.

Havendo necessidade do serviço de ambulância, a família pode contar com essa possibilidade, lembrando o fato de que tanto pode ser realizada de forma voluntária, com veículo não caracterizado, ou involuntária, quando se tornam necessários os serviços médicos de enfermeiros e socorristas.

Devemos ainda atentar para o fato de que a remoção de dependente químico com resgate involuntário não quer dizer que o tratamento não irá surtir efeito. O tratamento da dependência química está se tornando cada vez mais especializado e hoje existem clínicas que alcançam mais de 90% de resultados positivos, mesmo em situações de internação involuntária.

Sob esse ângulo de visão, o serviço de ambulância faz parte integrante do tratamento da dependência química, marcando o início do tratamento, quando o dependente percebe que pode contar com profissionais capacitados para ajuda-lo a sair do submundo onde se escondeu.

Vale a pena internar um dependente involuntário?

Essa questão, que sempre passa pela cabeça dos familiares, só apresenta uma resposta: sim, vale a pena.

Para os familiares de dependentes químicos que passaram por essa situação, a internação involuntária foi a decisão mais acertada. Mesmo sendo uma condição difícil, a internação involuntária é um ato de amor para com o dependente, principalmente porque ele está sofrendo tanto ou mais que seus familiares.

A remoção de dependente químico para a internação involuntária é a alternativa para salvar a vida do dependente químico, oferecendo-lhe uma nova oportunidade, um novo caminho e uma nova vida.

A equipe do serviço de ambulância recebe treinamento adequado para fazer a remoção e o resgate do dependente químico, agindo de acordo com o determinam os preceitos médicos e a legislação.

Desde o primeiro contato, os integrantes da equipe oferecem os devidos cuidados e a segurança necessárias para o dependente, principalmente conquistando sua confiança.

Como destacamos anteriormente, o resgate é ponto que marca o início do tratamento para o dependente químico e os profissionais do serviço de remoção de usuário de drogas têm conhecimento disso, oferecendo ao dependente químico as melhores condições para que ele entenda que está sendo conduzido para uma vida melhor.

Mesmo em casos de internação voluntária, quando o dependente aceita o tratamento e se conscientiza de sua necessidade de se livrar do uso de drogas, o serviço de ambulância pode ser acionado.

Para os familiares, é necessário entender que a dependência química faz com que a pessoa perca sua capacidade de controle sobre a própria vida, está no fundo do poço e, muitas vezes, nem sabe como pedir ajuda.

A luta contra a dependência química é uma situação que deve ser encarada friamente, embora não se deva deixar de lado o amor dos familiares pela família. Trata-se de uma doença incurável e o dependente, mesmo depois de passar pelo tratamento de recuperação, pode apresentar recaídas.

Se isso acontecer, os familiares devem entender que o dependente ainda não conseguiu se livrar do problema e que precisa de novo tratamento. Quando houver nele a consciência e a vontade de se livrar permanentemente das drogas, ele estará pronto para ter uma nova vida.

O importante é não desistir: a recuperação sempre é possível.

Mesmo sendo um processo doloroso para a família, quando se torna necessário o serviço de ambulância para o resgate do dependente químico, é preciso tomar essa decisão.

Havendo necessidade, os próprios enfermeiros e socorristas podem conter o dependente químico, aplicando sedativos e o conduzindo em segurança para a clínica de recuperação.

A clínica de recuperação se torna responsável pelos cuidados ao dependente químico desde sua contratação e é de sua responsabilidade trabalhar com médicos especializados, com enfermeiros experientes e com socorristas devidamente treinados para prestar todos os serviços necessários ao paciente.

A equipe do serviço de ambulância tem os meios para fazer com que o resgate seja o mais tranquilo possível para o dependente químico, começando nesse momento o tratamento e dando a ele o tratamento adequado para que recomece sua vida.

O serviço de ambulância, portanto, é o meio mais correto para a remoção de pacientes, principalmente quando se torna necessária a assistência de pessoa especializado, com conhecimento sobre a dependência química, conduzindo o paciente para o tratamento da maneira mais adequada.

serviço de ambulancia

WhatsApp

Se você tem algum familiar que não aceita ajuda, procure o tratamento e encontre uma empresa de resgate dependente químico. O dependente, no futuro, vai agradecer.

Saiba mais:

Gostou desse artigo? 

Últimas Notícias
Categorias
ambulância qual valor

Ambulância qual valor?

Curitiba, 05 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Com certeza você concorda com a afirmação de que os serviços de ambulância são vitais

Leia mais »