Ataque cardíaco: o que é e como reconhecer?

ataque cardíaco

O coração é o órgão principal do ser humano. Afinal de contas, além de ser responsável pelo bombeamento de sangue, trata-se de um órgão essencial para a vida humana. Por conta disso, cuidar dele é uma obrigação de todas as pessoas.

Por isso, manter uma rotina de hábitos saudáveis como se alimentar bem, fazer exercícios e realizar exames periódicos são coisas que todo mundo deveria fazer. Mas, ainda que essas sejam atitudes ideais, a verdade é que nem todos aplicam no dia a dia.

Por conta disso, há pessoas que se tornam mais suscetíveis a terem problemas que se relacionem com o coração. Dentre todos, com certeza o mais comum diz respeito ao ataque cardíaco. Mas você sabe o que é ou mesmo o que pode resultar nesse problema?

Fato é que, a fim de garantir a saúde e o bem-estar de todas as pessoas, deve-se ter o máximo cuidado. Por isso, saber reconhecer quais são os sinais desse problema é uma coisa que todo mundo deveria saber. Afinal de contas, é capaz de evitar inúmeras dores.

Fora isso, ainda existe muito mito a respeito desse assunto. Inclusive, não são poucas as pessoas que acham que esse problema tem uma certa ligação com a idade do paciente. É verdade que, quanto mais velho, maiores são os riscos de ter um ataque cardíaco.

No entanto, achar que apenas pessoas com idade avançada podem ter esse problema não passa de pura besteira. Ainda que não seja tão comum, jovens podem sim serem vítimas desse problema, em especial quando não possuem um hábito de vida saudável.

Você sabia, por exemplo, que o consumo excessivo de álcool, de forma constante, pode contribuir para esse problema? Então, se você quer saber mais a respeito desse assunto, não deixe de conferir esse artigo!

Precisando de uma ambulância?

WhatsApp

O que é um ataque cardíaco?

Primeiro, você saberia dizer o que é um ataque cardíaco? Em suma, nada mais é que quando há falta de sangue no coração, o que tende a causar lesões no tecido. O infarto agudo do miocárdio, como também pode ser chamado, é uma condição que demanda emergência.

Afinal de contas, trata-se de um problema que é capaz de levar o paciente a óbito, caso ele não tenha o devido atendimento. Ademais, essa é uma condição conhecida como isquemia. Ou seja, provoca alguns sintomas típicos, como dor no peito que irradia para os braços, por exemplo.

Ademais, vale salientar que, na grande maioria das vezes, esse problema acontece devido ao acúmulo de placas de gordura no interior das artérias coronárias. Inclusive, isso pode ocorrer por conta da genética, por exemplo.

Entretanto, não podemos deixar de falar que existem alguns fatores de risco, os quais podem aumentar as chances de um indivíduo ter esse problema. No entanto, como se tratar de um problema grave, é essencial que você saiba identificar os sintomas.

Afinal, se uma pessoa que está tendo um ataque cardíaco demora para ir ao hospital ou pronto socorro, por exemplo, as chances de sobrevivência se tornam menores. Por conta disso, quando você sabe quais são os sintomas comuns, já fica alerta.

Então, caso a pessoa apresente os sintomas, já se consegue encaminhar para o pronto socorro, a fim de obter um atendimento o quanto antes e diminuir todos os riscos que ela poderia sofrer.

Ataque cardíaco em jovens

Antes de falarmos sobre ataque cardíaco sintomas e causas, é fundamental falar a respeito desse assunto. Infelizmente, devido à falta de informação, algumas pessoas acreditam que esse é um problema que apenas pessoas de idade avançada podem ter.

No entanto, na prática, não é bem assim que acontece. Na verdade, o ataque cardíaco ocorre quando há obstrução de uma artéria e, por isso, ocorre a interrupção do fluxo sanguíneo. Por isso, engana-se aqueles que pensam que apenas pessoas idosas podem sofrer desse problema.

De acordo com estudos feitos pelo Colégio Americano de Cardiologia, no ano de 2019, a incidência de doenças tem crescido 2% ao ano entre as pessoas com 40 anos ou menos. Mas, aqui no Brasil, o contexto não destoa tanto.

Afinal de contas, de acordo com os dados do Ministério da Saúde, desde 2013, os casos de infarto entre os adultos com até 30 anos tem aumentado muito, cerca de 13%. Por isso, ter hábitos saudáveis, a fim de evitar esse problema, se tornou essencial.

Vale destacar ainda que, no caso dos jovens, o ataque cardíaco pode estar ligado a diversos fatores genéticos e particularidades biológicas. Fora isso, alguns hábitos de vida também podem aumentar os riscos desse acidente.

Sedentarismo, obesidade, hipertensão, estresse ou dieta desregulada, por exemplo, são alguns dos fatores que podem indicar chances maiores desse tipo de problema.

Sintomas ataque cardíaco

Agora que você sabe que esse problema pode acometer tanto pessoas mais velhas, quanto os mais novos, com certeza deve querer saber quais são os sintomas de ataque cardíaco. E, como a causa mais comum é o bloqueio na passagem de sangue, há alguns sintomas comuns.

No entanto, vale salientar que o ataque cardíaco silencioso é um grande problema, uma vez que os sintomas podem passar despercebidos. Sendo assim, é essencial que você saiba quais são os sintomas desse problema.

Afinal de contas, dessa forma, torna-se possível identificar o problema e levar para um pronto socorro o quanto antes. Por isso, nos próximos tópicos, iremos falar sobre alguns sintomas do ataque cardíaco. Confira!

Dor no peito

De todos os sintomas, com certeza esse é o mais comum do ataque cardíaco. Nesse caso, a vítima tende a sentir uma sensação como se fosse exercida sobre o tórax uma grande pressão. Ou seja, é como se algum objeto estivesse pressionando.

No entanto, a direção dessa dor acontece para o centro, um pouco para a esquerda. Ou seja, bem no sentido do coração. Inclusive, esse é um dos sintomas mais dolorosos e alarmantes de um infarto.

Tontura e vertigem

Ao iniciar o ataque cardíaco, a vítima ainda é capaz de ter uma sensação de perda de consciência, a qual pode ser momentânea ou permanente. Na grande maioria das vezes, é resultado de um quadro prévio de arritmia cardíaca, por exemplo

Sensação de enjoo

O enjoo é uma forte sensação de quando a vítima está prestes a ter um ataque cardíaco. Nesse caso, a pessoa ainda pode sentir uma perda de apetite. Pode acontecer de vomitar, mas não é sempre que esse sintoma tende a aparecer.

Dificuldade para respirar

A caixa cardíaca tem ligação com as questões respiratórias do corpo. Por isso, o infarto é capaz de fazer com que a vítima tenha um colapso no pulmão, o que resulta na dificuldade ou falta de ar. Esse também é um sintoma bem característico.

Fraqueza

Como o corpo está em extrema pressão, pelo fato de um possível desmaio ou tontura, a fraqueza é um outro sintoma comum desse problema. Inclusive, na grande maioria, a pessoa não consegue segurar objetos leves com as mãos, como uma folha de papel.

Ataque cardíaco como prevenir

Melhor do que saber identificar esse problema é saber como evitar ter um ataque cardíaco. A melhor forma disso acontecer é ter uma rotina de hábitos saudáveis, como:

  • Não fumar;
  • Não beber;
  • Evitar estresse e ansiedade;
  • Praticar atividades físicas;
  • Manter o peso adequado;
  • Controlar a pressão alta;
  • Controlar o colesterol;
  • Tratar diabetes etc.

WhatsApp

Leia também:

 

Últimas Notícias
Categorias
ambulância qual valor

Ambulância qual valor?

Curitiba, 05 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Com certeza você concorda com a afirmação de que os serviços de ambulância são vitais

Leia mais »