Gravidez: quais são os tipos e quais riscos podem ocorrer?

A gravidez é um momento em que a grande parte das mulheres sonham. Afinal de contas, trata-se de um momento único e muito especial, onde se é capaz de notar diversas mudanças. Contudo, não se pode deixar de citar o fato que é um momento de muita atenção.

Afinal de contas, por ser uma situação que muda bastante a vida da mulher, deve-se ficar atento em todos os detalhes. É comum, por exemplo, querer saber o que grávida não pode comer. Por se tratar de um momento delicado, esses cuidados são essenciais.

Inclusive, a fim de querer manter uma vida saudável, muitas ainda procuram por vitamina para gravida ou mesmo saber o que gravida pode tomar para dor de cabeça. Afinal, deve-se tomar inúmeros cuidados com a gravidez.

No entanto, todos os cuidados devem ser redobrados quando se está grávida de gêmeos, por exemplo. Então, ainda que seja um momento regado de muito sentimento, é essencial ficar atento a todos os detalhes, mantendo o máximo de cuidado.

Mas, uma coisa que muitas mulheres procuram saber sobre esse assunto é quais são os tipos de gravidez e quais são os riscos que podem ocorrer nessa ocasião. O fato é que esse é um assunto bem importante, do qual é essencial obter clareza.

Muitas ainda se perguntam se grávida tem corrimento, por exemplo. E, ainda que seja algo comum, deve-se ficar atento em relação a isso, uma vez que às vezes pode indicar algum perigo. Por isso, se você quer saber mais sobre esse assunto, bem como os seus possíveis riscos, é só continuar nesse artigo. Confira!

Precisando de uma ambulância básica ou ambulância UTI?

Entre em contato conosco pelo WhatsApp (41) 99909-2580 ou e-mail disponível no site.

Clique aqui e fale com um especialista ambulância 24 horas

O que é gravidez?

A gravidez nada mais é que um período de nove meses de gestação das mulheres. Ocorre a partir da fecundação e implantação de um óvulo no útero até o nascimento. No entanto, ainda que na maioria dos casos dure nove meses, conta-se o período por semanas.

Inclusive, durante todo esse período, é normal que a mulher sinta inúmeros mudanças no seu corpo e no próprio organismo. Trata-se de algo comum, uma vez que o bebê precisa ter um espaço adequado para se desenvolver na barriga.

Fora isso, na grande maioria das vezes, o parto deve ocorrer, em média, 38 semanas após a fecundação. Ou seja, aproximadamente 40 semanas após o início do último período menstrual. Mas, durante todo esse tempo, é normal que surjam algumas dúvidas.

Como é um período em que é normal ter dores de cabeça, muitas mulheres se perguntam se grávida pode tomar dipirona, por exemplo, ou qualquer outro tipo de remédio. Ainda que pareça ser uma dúvida boba, deve-se ter esse cuidado.

E isso ocorre, em especial, porque há alguns químicos que podem fazer mal para a saúde do bebê. É por isso que se pergunta se grávida pode pintar o cabelo, uma vez que é uma química bem forte. Por isso, todos os cuidados são essenciais.

gravidez

Gravidez sintomas

A gravidez não é nenhum tipo de doença, e isso é fato. Mas, diante das inúmeras mudanças hormonais, físicas e psicológicas, é comum que haja alguns sintomas comuns, como dor de cabeça, enjoo ou coisas semelhantes.

Como é normal sentir uma certa azia e desconforto abdominal, muitas ainda se questionam se gravida pode tomar Eno, por exemplo. Tanto o sintoma quanto a dúvida são bastante comuns, mas deve-se levar em consideração, também, os demais sintomas da gravidez.

Muitas acham que grávida de 1 mês não apresenta qualquer sintoma. Acha-se, de forma errada, que isso tende a ocorrer apenas a partir do segundo ou terceiro mês. No entanto, isso não é verdade. Mesmo no primeiro mês a mulher já pode sentir alguns sintomas.

Em vista disso, é fundamental ficar de olho nos sintomas, os quais podem ser:

  • Fome;
  • Sono;
  • Sensação de cansaço;
  • Aumento dos seios;
  • Enjoos e vômitos;
  • Aumento da frequência urinária;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Alteração na pele;
  • Mamas sensíveis e aréola escurecida;
  • Inchaço abdominal;
  • Dor no fundo das costas;
  • Alteração no humor etc.

Devido a todos esses sintomas, é até normal que muitas queiram saber se grávida pode tomar paracetamol, uma vez que seria capaz de resolver grande parte dos problemas.

Grávida menstrua?

Quando se fala dos sintomas, há aquelas que se perguntam se grávida menstrua, mas a resposta é não. O que pode acontecer, em especial no início da gestação, é um pequeno sangramento em tom vermelho claro ou amarronzado.

O que acontece é que algumas mulheres continuam sangrando, mesmo quando grávidas. Contudo, esse líquido não se refere à menstruação. Trata-se de um sangramento que o médico obstetra deve avaliar.

gravidez

Quais são os tipos de gravidez?

Outro assunto bem interessante, do qual as mulheres que estão passando por esse processo deveriam saber, diz respeito aos tipos de gravidez. Afinal de contas, a depender do caso, pode se enquadrar em algo de risco.

E, diante disso, o acompanhamento médico é essencial para garantir não só a saúde dos bebês, mas também da mãe. Por isso, nos tópicos seguintes, iremos falar sobre os principais tipos de gravidez. Confira abaixo!

Gravidez ectópica

A gravidez ectópica acontece quando o embrião tende a se desenvolver fora da cavidade uterina. Em uma gestação comum, o óvulo se encontra com o espermatozóide dentro da trompa. Lá, ocorre a fecundação;

Logo, o óvulo que foi fecundado vira o embrião, que migra pela trompa e se aloca na cavidade uterina, a fim de se desenvolver. Mas, nesse caso, trata-se da gravidez fora do útero. Ou seja, é quando o bebê se desenvolve no local errado.

Trata-se de uma gravidez de risco e, por isso, não tem como chegar aos 9 meses. Por isso, deve-se ter acompanhamento médico, a fim de definir qual é a melhor solução. Em alguns casos, opta-se pelo parto antecipado, mas isso depende de várias outras coisas.

Gravidez psicológica

A nossa mente tem um poder muito grande sob o nosso corpo. Tanto que, em caso de gravidez psicológica, a mulher tende a achar que estão grávidas, quando na verdade não estão. Contudo, é capaz de aparecer alguns sintomas típicos da gestação.

Não é raro que, em gravidez desse tipo, haja o aumento da barriga e dos seios, fadiga, cansaço e até a ausência de menstruação. Geralmente isso acontece quando a mulher tem um imenso desejo de ter um bebê, mas estão com dificuldades.

Gravidez silenciosa

A gravidez silenciosa é um tanto incomum, mas acontece quando a mulher está grávida, mas não percebe isso. Isso acontece, em especial, quando a mulher não apresenta qualquer sintoma de gravidez, o que pode acontecer, mesmo sendo raro.

No entanto, trata-se de uma gravidez de risco, uma vez que não se faz o pré-natal adequado e nem a prevenção de complicações materno-fetais, por exemplo.

Gravidez molar

A gravidez molar é quando, devido a um erro na fertilização do óvulo, a placenta é gerada de forma anormal. Ou seja, ocasiona o falecimento do feto. No entanto, a depender da gravidade, pode evoluir para um tumor.

Inclusive, caso não haja o tratamento adequado, pode colocar em risco a vida da mulher. Não existem estudos concretos sobre os fatores de risco desse tipo de gravidez, mas sabe-se que os seguintes fatores prejudicam esse momento:

gravidez

Leia também:

Últimas Notícias
Categorias
tuberculose

O que é tuberculose?

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa que afeta principalmente os pulmões, mas também pode afetar partes do corpo como a coluna, o cérebro ou

Leia mais »