Primeiros socorros para cortes: como deve ser feito?

primeiros socorros para cortes

Curitiba, 1 de março de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Primeiros socorros para cortes: Todas as pessoas estão suscetíveis a acidentes domésticos. No entanto, de todos eles, com certeza o mais comum diz respeito aos cortes. Afinal de contas, quando se está manuseando algo pontiagudo, por exemplo, por conta de uma simples distração, algum acidente pode acontecer.

Então, nesses momentos, é normal que você queira saber como proceder. Quando ocorre um corte com faca, como se deve proceder? Ainda que seja uma pergunta um tanto quanto simples, obter clareza é essencial.

E isso acontece porque, mesmo no caso de ser um corte superficial, pode ocasionar em alguma dor ou desconforto para a vítima. Então, diante dessa situação, é normal que ela queira saber se é preciso ir até um hospital ou clínica.

O fato é que todos devem saber como cuidar de um corte. No entanto, o grande problema é que a grande parte das pessoas tende a se desesperar quando vê o sangue jorrar. É verdade que isso pode ser um pouco assustador, mas você deve manter a calma.

Deve-se ter alguns entendimentos sobre o assunto, bem como o que fazer em caso de corte no dedo. Sendo assim, se você quer saber mais detalhes sobre essas questões, não deixe de conferir esse assunto, onde iremos falar sobre os primeiros socorros para cortes. Confira!

WhatsApp

Primeiros socorros para cortes?

Trata-se de ferimentos que ocorrem com bastante frequência, em especial nos ambientes domésticos. Os cortes podem acontecer em decorrência de diversos acidentes por objetos pontiagudos, como faca, caco de vidro e outros.

No entanto, de todos eles, com certeza o mais comum diz respeito ao corte de faca no dedo. E isso acontece, em especial, porque é comum se distrair com outras coisas. Mas, ainda que seja uma prática comum, não quer dizer que é recomendável.

Afinal de contas, essa distração pode ocasionar em um corte profundo, em especial quando se está manuseando uma faca muito afiada e pontuda. Portanto, deve-se tomar o máximo de atenção ao fazer alguns trabalhos domésticos.

Às vezes, acontece de se estar lavando a louça e um copo escorregar e quebrar, ocasionando em algumas lesões, as quais podem ser tanto superficiais quanto mais profundas. Inclusive, em 2011, apenas em hospitais do SUS, mais de 27 mil pessoas foram atendidas devido a acidentes desse tipo.

Ademais, a despeito dessa questão, é interessante saber um pouco mais sobre os tipos de cortes. E isso acontece porque, a depender disso, os primeiros socorros serão diferentes. Nos parágrafos abaixo, iremos falar sobre eles.

Tipos de cortes

Na grande maioria das vezes, os cortes são acidentes comuns, os quais nem sequer precisam de alguma intervenção médica. Mas, ainda que esse seja o “normal”, não se deve excluir as exceções. O fato é que há diferentes tipos de cortes.

E, a fim de saber como lidar com cada um deles, é essencial que você saiba diferenciar os tipos. Dessa forma, você irá saber como agir mediante a situação. Os cortes se dividem em dois grupos: superficiais e profundos.

Cortes superficiais

Esses são os mais comuns e, inclusive, em algumas situações, podem incidir em um corte sem sangramento. Isso acontece quando não há perfuração o suficiente para que saísse sangue, mas nem sempre isso ocorre.

Os cortes superficiais não se limitam apenas àqueles que não sangram. Mas, quando ocorre de sair, o próprio organismo se encarrega de fazer a cicatrização. E isso acontece porque, na corrente sanguínea, há plaquetas e proteínas que se encarregam de formar coágulos.

Inclusive, muitas pessoas se perguntam como fazer um corte parar de sangrar. Mas, em casos como esse, não há com o que se preocupar, uma vez que o próprio corpo se encarrega desse trabalho. Contudo, você pode tomar algumas medidas simples para acelerar o processo.

Então, se você quer saber como fazer parar de sangrar um corte, você deve lavar as mãos com água e sabão. Em seguida, é possível comprimir o local com gaze ou pano limpo, a fim de estancar a área do corte.

Contudo, você também pode lavar o ferimento com água e sabão. E isso é importante porque, através dessa simples ação, é possível remover resíduos de sujeira que possam estar dentro do machucado, o que seria capaz de agravar a lesão.

No mais, tendo feito esses primeiros socorros, você vai conseguir estancar sangue de corte e logo mais haverá completa recuperação.

Cortes profundos

Em contrapartida, esse é o tipo de corte que demanda muito mais atenção, uma vez que tende a ser mais grave. Contudo, a primeira coisa que você deve fazer nessa situação é manter a calma! O excesso de sangue pode assustar, mas é preciso saber como parar sangramento de corte profundo.

Mas, às vezes, o sangue é tanto que nem sequer é possível observar o local da lesão. Então, nesse caso, deve-se fazer a limpeza da região, a fim de encontrar onde está a lesão. O que se pode fazer é embeber um pano de água e limpar todo o sangue.

Ou, no caso de ter sido um corte profundo na perna, é possível colocar o membro debaixo de água corrente, como no chuveiro. Então, assim que encontrar o local do ferimento, é só pressionar com gaze ou pano limpo, a fim de estancar o sangue.

Essa é uma das formas de como estancar sangue de corte profundo, contudo, caso não pare de sangrar entre cinco ou dez minutos, é essencial se dirigir até um pronto socorro. E isso se dá porque cortes profundos que não param de sangrar devem ter intervenção médica.

Corte no supercílio como tratar

De todas as lesões, com certeza a que mais causa espanto diz respeito ao corte no supercílio. E isso acontece porque, na grande maioria das vezes, jorra bastante sangue, o que faz com que as pessoas se apavorem.

Nesse caso, também se aplicam as mesmas regras que foram descritas acima. Ou seja, você deve saber como estancar sangue de um corte. Então, limpe a região, procure pelo local em que há o ferimento e pressione com gaze ou pano limpo.

Contudo, o supercílio é uma área um tanto frágil e, por conta disso, é normal que o sangue não pare de imediato. Por isso, em casos como esse, é fundamental que a vítima vá até um hospital, uma vez que pode ser necessário dar alguns pontos simples.

Em situações como essa, o próprio organismo também procura fazer um coágulo e estancar o sangue do local, mas o fato de ser uma região mais sensível pode dificultar um pouco. Por isso, se em até 5 minutos o sangue não parar, vá até um hospital ou pronto socorro.

Conclusão

Através desse artigo, você pôde concluir que o corte é uma lesão um tanto simples, mas que, em algumas situações, é necessário intervenção médica, em especial quando se trata de algo mais profundo. Fora isso, deve-se saber como parar de sangrar um corte.

Contudo, caso a lesão continue sangrando, mesmo depois de 10 minutos em que houver a tentativa de estancar, procurar um pronto socorro é essencial. Nesse caso, a fim de parar por inteiro, o médico pode ter que fazer alguns pontos simples.

Ademais, o próprio organismo é capaz de se encarregar e interromper o sangue, mas há algumas atitudes que partem da vítima que podem acelerar esse processo.

WhatsApp

Saiba mais:

Gostou desse artigo?