24 de janeiro de 2023
Post por: Gilson Rodrigues de Siqueira

Gestão médica: saiba o que é e como aplicar

gestão médica

Antes de qualquer coisa, para um consultório conseguir ter um bom posicionamento para o seu público, é essencial que a gestão médica seja levada em consideração dentro de todas as suas complexidades.

É certo que essas metodologias empresariais são adotadas em todas as empresas que estão buscando se fundamentar em seus segmentos.

Há, hoje em dia, uma diversidade bastante grande de possibilidades de implementações de ferramentas dentro desse meio.

Isso se dá por causa do alto nível de complexidades que as companhias e seus segmentos acabam orientando dentro de um mercado.

Uma empresa de limpeza e zeladoria, certamente, possui objetivos bastante diferentes de uma loja de roupas, por exemplo.

Por isso, o mercado online e offline voltado à gestão empresarial, muitas vezes, acaba trazendo algumas novas ferramentas e perspectivas para melhorar esses desempenho.

Logicamente, esse tipo de questão acaba transcendendo aspectos de negócio e, muitas vezes, ganham as universidades.

É possível encontrar uma série de departamentos destinados a efetuar pesquisas para entender como melhorar o desempenho das marcas em seus segmentos.

Essa segmentação, inclusive, acaba sendo um outro fator de complexidade, uma vez que cada caso acaba sendo único, até mesmo dentro de um mesmo mercado.

Uma empresa especializada em cuidado paliativo em atenção domiciliar possui certas especificidades que outras não tem.

Por causa disso, é preciso entender esses aspectos de gestão, acima de tudo, como mecanismos metodológicos.

Isso significa dizer que há uma perspectiva de fundamentação de análise e não só ações padronizadas para todas as empresas.

Se nem o mesmo segmento possui os mesmos aspectos de demandas, é importante que isso seja considerado de forma mais amplificada para o mercado inteiro.

No caso de um especialista em controlador de acesso hospitalar, por exemplo, há uma série de objetivos a serem traçados.

Sendo assim, se a perspectiva é crescer dentro do segmento, existem algumas possibilidades de efetuar esse objetivo.

No entanto, é fundamental que haja uma avaliação bastante apurada a respeito das instâncias internas e externas daquela empresa.

Afinal de contas, é crucial reafirmar que há uma heterogeneidade gritante dentro dos mais diversos segmentos de mercado.

O que é gestão empresarial?

Diante de todas essas demandas, uma metodologia acaba se destacando por sua capacidade de lidar com os mais diversos segmentos.

A gestão empresarial, dessa forma, funciona como uma centralização de diversas instâncias das empresas em um modo de gestão específico.

Uma empresa especializada em coleta de efluentes sanitários, por exemplo, pode precisar de uma gestão financeira, de recursos humanos e uma série de outras dinâmicas.

Nesse sentido, centralizar essas perspectivas em um gerenciamento responsável acaba sendo um fator elementar.

Hoje em dia, há uma série de possibilidades digitais que acabam facilitando alguns pontos de gestão importante,

Contudo, é sempre necessário ter em mente algumas consultorias na hora de se instaurar alguma implementação estratégica.

A gestão empresarial, nesse sentido, funciona como uma forma de controlar e unificar as áreas de uma empresa e, também, de fornecer dados para novas incursões mercadológicas.

Afinal de contas, nada dentro do ambiente empresarial pode ser baseado em aspectos que achamos.

Portanto, se uma casa de repouso para deficientes estiver buscando obter novas orientações em seu segmento, é preciso que ela se baseie em dados.

Essa estratégia é uma forma bastante importante de se conseguir esses números e, também, garantir um planejamento para os próximos períodos.

O que é gestão médica?

É lógico que diante de tantas possibilidades, a gestão empresarial acaba se desdobrando em algumas medidas específicas.

Esse é o caso da gestão médica, que é um dos recursos mais importantes para fundamentar uma clínica dentro de um segmento de mercado.

Logicamente, o fator mais crucial dentro desse ambiente é, justamente, a qualidade dos profissionais envolvidos. No entanto, para que isso seja percebido é preciso, antes de qualquer coisa, que o paciente reconheça aquele ambiente.

Por se tratar de um serviço onde o critério do paciente acaba sendo um elemento fundamental, é preciso que a confiança seja o primeiro pilar estabelecido.

Isso pode ser executado a partir de uma série de técnicas que estão inseridas dentro da perspectiva da gestão médica.

Essa estratégia está ancorada em uma centralização de recursos de gerenciamento de uma clínica que podem se realizar a partir de alguns pontos.

Uma clínica de limpeza de pele a laser que, por exemplo, tenha uma política de prontuários bem elaborada pode, em grande medida, surpreender os seus clientes.

Vantagens de uma gestão médica

Partindo desses pontos, é imprescindível entender quais são os elementos que podem fundamentar um argumento quanto a essa implementação.

Apontar, portanto, para algumas vantagens desse modelo de gestão pode ser essencial. São eles:

  • Organização financeira;
  • Controle de prontuário;
  • Fidelização;
  • Credibilidade.

Logicamente, uma clínica pode obter uma série de realizações partindo desses pressupostos de gestão.

No entanto, é válido detalhar essas realizações citadas para garantir um esclarecimento maior sobre essa estratégia.

Organização financeira

Sendo um dos elementos mais importantes, a organização financeira acaba funcionando como uma forma de garantir que a empresa consiga fechar suas contas de forma mais salutar.

Isso acontece justamente por causa de uma orientação que avalia os fluxos de entradas e saídas de uma clínica, por exemplo.

Controle de prontuário

Garantir essa centralização dentro de uma clínica, pode fazer com que os prontuários estejam condensados em algum sistema específico.

Isso, em grande medida, pode facilitar o atendimento e, também, garantir algumas comodidades ao cliente.

Fidelização

Essa é uma realização bastante importante para qualquer empresa, o que, também, reflete na área da saúde.

Um bom atendimento, com fundamentações específicas sobre o paciente, pode fazer com que ele se sinta mais integrado ao ambiente da clínica.

No caso, por exemplo, de uma clínica especializada em tratamentos para alcoolismo, essa realização pode, inclusive, gerar algumas indicações por parte da família.

Credibilidade

Todos esses pontos acabam corroborando com uma imagem responsável da clínica dentro de seu mercado.

Isso, em grande medida, vai gerar uma credibilidade bastante grande dentro dessa lógica, o que pode ser percebido pela satisfação dos pacientes.

Dicas para implementar a gestão médica

Com base em todas as realizações que essa estratégia pode trazer para uma clínica, torna-se latente entender como efetuar a sua implementação.

É certo que essa é uma estratégia complexa e que, em grande medida, exige uma certa sofisticação na análise.

No entanto, é essencial apontar para alguns elementos que acabam sendo centrais na hora de começar a gerenciar uma clínica médica.

Registrar pacientes

A realização principal de uma clínica médica é, certamente, o trato dela com os pacientes daquele local.

Por essa razão, registrá-los e orientar prontuários detalhados sobre seus quadros clínicos pode ser essencial.

Esse ponto é indispensável para que haja um acompanhamento mais aproximado por parte do médico e, também, que o paciente se sinta acolhido.

Automação e terceirização

É claro que a clínica possui uma razão de ser e, portanto, é necessário que o foco principal esteja relacionado aos aspectos de saúde.

No entanto, dependendo do tamanho da clínica, isso pode acabar sendo atrapalhado por algumas demandas específicas.

Contratar, nesse caso, um escritório de serviços administrativos terceirizados pode ajudar a desobstruir essa questão.

Além disso, há uma série de softwares que podem ajudar no atendimento e, também, em outras instâncias do consultório.

Sendo assim, todas as áreas acabam passando por uma reformulação, o que, em grande medida, pode incidir em uma qualidade maior no serviço.

Garantir métricas

Toda implementação estratégica precisa, antes de tudo, de uma forma de mensurá-la em seu curso.

Isso é importante para entender se suas realizações estão de acordo com o que a empresa espera e, também, isso pode orientar novas estratégias.

Seja como for, mensurar acaba sendo um imperativo em qualquer instância de mercado e isso não é diferente quando se trata de gestão médica.

Essa realização pode ser feita a partir de indicadores de produtividades e a respeito do nível de procura dos clientes, além, claro, da compreensão de quantos deles se tornaram pacientes daquela clínica médica.

Considerações finais

Com o passar dos anos, uma série de métodos sofisticados acabam fazendo parte dos modelos de gestão empresarial.

Dentro do segmento da saúde, esse aspecto acaba sendo fundamental também para garantir algumas realizações.

Diante disso, a gestão médica acaba sendo um fator essencial para que as clínicas consigam obter bons resultados.

Entender, portanto, quais são as suas realizações fundamentais pode ajudar a esclarecer um pouco melhor a respeito de suas perspectivas.

Posteriormente, é crucial que todas essas perspectivas de implementação estejam ancoradas em alguns critérios de aplicação.

Partindo desses pressupostos, essa realização acaba trazendo uma série de benefícios essenciais para uma clínica.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Saiba mais:

Gostou desse artigo?