Como conseguir internação involuntária gratuita?

como conseguir internação involuntária gratuita

Curitiba, 12 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Você já se perguntou como conseguir internação involuntária gratuita? A verdade é que cada dia mais a droga tem se tornado um grande problema para toda a sociedade. Mesmo porque, devido ao fácil acesso, muitos acabam enveredando para esse lado.

Em razão disso, cada vez mais as pessoas estão a procura de saber como conseguir internação involuntária gratuita. Mesmo porque, não há como negar que a droga é uma substância capaz de afetar todo tipo de pessoa.

Mas, ainda assim, pessoas que estão mais vulneráveis acabam se tornando mais suscetíveis a essas questões. Em vista disso, torna-se cada vez mais vital saber como conseguir internação involuntária gratuita.

No entanto, para que você possa entender melhor desse assunto, faz-se necessário compreender alguns pontos que se relacionam com essa questão, até mesmo para que você tenha um melhor embasamento sobre esses assuntos.

Por exemplo, você já parou para pensar se a internação involuntária gratuita é algo previsto por lei? Afinal de contas, um dos deveres do estado é promover a saúde para todos os cidadãos, certo? E a dependência química é sim uma questão que se liga diretamente com a saúde do indivíduo.

Afinal de contas, a droga é capaz de afetar a forma com que o indivíduo enxerga o mundo, haja vista que pode incidir em algum problema psicológico. Fora isso, a droga também deixa a saúde física debilitada. Ou seja, é sim uma questão de saúde.

Então, perguntar-se como conseguir internação involuntária gratuita é uma dúvida comum, que todos os que passam por esse problema devem se perguntar. É verdade que você pode ter outros custos, como a ambulância para remoção de dependente químico.

WhatsApp

Como conseguir internação involuntária gratuita??

Ao se perguntar como conseguir internação involuntária gratuita, é bem provável que você se questione em relação ao o que diz a lei a respeito desses assuntos. E, na verdade, saiba que de acordo com a legislação, essa é sim uma obrigação do estado.

Não é segredo para ninguém que a dependência química está cada vez mais em alta no Brasil e em todo o resto do mundo. Então, tem se tornado uma situação cada vez mais complicada, onde os entes queridos precisam encontrar formas de garantir o bem-estar do paciente.

Inclusive, de acordo com a OMS, tanto a droga quanto o álcool são duas substâncias capazes de causar dependência. E o grande problema sobre isso é que se trata de uma doença crônica, que não tem cura. E isso quer dizer que o paciente deve aprender a lidar com esse problema para sempre.

Só para que você possa ter noção a respeito desse assunto, de acordo com uma pesquisa feita pelo Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (LENAD) mostrou que há, hoje, cerca de 3,5 milhões de dependentes químicos no Brasil.

Ou seja, trata-se de um dado bem alto, o que torna um problema para toda a sociedade. E isso faz com que cada vez mais pessoas se perguntem sobre como conseguir internação involuntária gratuita.

O que a lei diz sobre a internação involuntária gratuita?

Diante do parâmetro em que se vive, não há como negar que o uso de drogas e álcool é sim algo preocupante. Nesse aspecto, é necessário que você saiba que esse é um problema que o Governo já conseguiu identificar.

E isso fez com que resultasse a lei n° 10216/01, onde possibilita com que o familiar do dependente químico possa pedir a internação involuntária gratuita. No entanto, isso só se torna possível desde que se faça um pedido por escrito, o qual deve ser aceito pelo médico psiquiatra.

No entanto, uma outra coisa que você precisa saber quanto a esse respeito é que, de acordo com a lei, apenas parentes de primeiro grau podem fazer essa solicitação. Ou seja, apenas os que possuem um laço sanguíneo, sendo eles:

  • Pai;
  • Mãe;
  • Avó;
  • Tio.

Então, de acordo com a internação involuntária lei, o cônjuge não tem o direito de fazer esse tipo de solicitação. Apenas os que possuem algum laço sanguíneo.

Mas, uma outra coisa que se deve saber sobre esse assunto é que, além da autorização da família, a clínica também tem o direito de informar ao Ministério Público sobre o caso, dentro de no máximo 72 horas.

E isso acontece para que a internação involuntária não se configure como sendo um crime de cárcere privado.

E essa é uma das razões pelas quais, além de saber como conseguir internação involuntária gratuita, deve-se ficar atento em relação à clínica que você irá levar o dependente. Ela deve ser idônea e respeitar todo o passo a passo de um processo.

Ou, do contrário, ela pode sim responder como crime de cárcere privado. Então, a fim de evitar esse tipo de situação, sempre fique atento em relação a clínica que o paciente vai se internar.

Quem pode solicitar a internação involuntária gratuita?

Agora que você já sabe como conseguir internação involuntária gratuita, também é vital que você saiba quais são as pessoas que podem fazer esse tipo de solicitação.

Quanto a essa questão, esteja ciente de que não são todas as pessoas que têm esse direito a solicitar a internação involuntária gratuita para uma pessoa.

Na verdade, esse é um procedimento que é mais adequado para aqueles públicos que se encontram em situação de baixa renda e maior vulnerabilidade econômica. Ou seja, não é qualquer pessoa que pode fazer esse tipo de solicitação.

E isso acontece porque há vezes em que o tratamento pode sim ter um custo mais elevado. Tanto que é por essa razão que muitos familiares acabam afirmando que tem um dependente na rua devido ao fato de não serem capazes de arcar com essa questão financeira.

Ou seja, a lei visa atender apenas pessoas que estão em situação de alta vulnerabilidade. Assim, elas podem ter acesso a um tratamento mais adequado.

Como funciona internação involuntária gratuita?

Agora que você já entendeu sobre como conseguir internação involuntária gratuita, com certeza deve estar querendo saber como é esse passo a passo, certo? Quanto a isso, saiba que pode variar de acordo com cada clínica.

Depois que você contratar o serviço de  resgate ao dependente químico, o passo seguinte é saber em qual clínica ele vai se tratar.

Mas por que é importante saber onde internar dependente químico? Porque cada clínica possui um método de tratamento diferente.

No entanto, para garantir que o seu ente querido terá um bom tratamento e que vai se reabilitar, é vital que você procure por uma clínica do qual você concorde com todos os métodos. Sendo assim, sempre fique atento em relação a esse fato.

Saiba mais:

Gostou desse artigo?