Tudo sobre traumatismo craniano: o que é, sequelas e tratamento

Curitiba, 27 de dezembro de 2021, escrito por Gilson Rodrigues. Os traumatismos cranianos podem ser causados em diversos acidentes que provoquem alguma pancada ou trauma na cabeça e podem ter sérias consequências, a depender da gravidade da situação.

O crânio é o responsável por proteger o cérebro, órgão responsável por todas as nossas funções no corpo e, quando lesionado, pode apresentar sequelas e comprometer o estado de saúde.

A Brasil Emergência Médicas reuniu neste artigo tudo o que você precisa saber sobre traumatismo craniano e como tratar. Veja a seguir:

Precisando de uma ambulância?

WhatsApp

O que é traumatismo craniano?

O traumatismo craniano se trata de lesão causada no crânio devido a consequência de alguma pancada ou trauma, ocasionando sangramento e coágulos, a depender da intensidade.

Caso o traumatismo cause ferimentos no cérebro, ele é chamado de traumatismo cranioencefálico, sendo este um tipo de trauma que causa um grande número de mortes ao redor do mundo, principalmente em jovens.

O traumatismo craniano pode ser causado por acidentes de carro, quedas, praticando esporte e em diversas outras situações. De acordo com o Ministério da Saúde, as quedas são as principais causas desse tipo de lesão, seguidas por acidentes de moto e envolvendo pedestres.

Entretanto, com relação a gravidade das lesões do traumatismo, os acidentes de automóveis apresentaram um maior número de mortes por traumatismo cranioencefálico.

Veja abaixo os tipos de traumatismo craniano:

● Leve: esse é o tipo mais comum e menos grave, onde a pessoa consegue se recuperar de maneira mais rápida. Isso porque ele caracteriza-se por lesões cerebrais menores. Nos casos em que é identificado traumatismo craniano leve, geralmente, a pessoa fica algumas horas de observação no atendimento de emergência e já pode retornar para prosseguir com tratamento em casa, mantendo-se sempre em observação;

● Moderado: consiste na lesão que atinge uma área maior do cérebro e, portanto, maior risco de ter complicações. O tratamento indicado é realizado em um hospital e a pessoa deve permanecer internada até segunda ordem;

● Grave: trata-se de lesões cerebrais extensas, com presença de grande volume de sangramentos na cabeça, sendo que, nestas situações, a pessoa deve permanecer internada em uma UTI, com tratamento adequado.

As lesões do traumatismo craniano também podem ser focais ou difusas. As lesões focais se tratam das lesões que atingem uma pequena área do cérebro, enquanto as difusas se caracterizam pela perda do funcionamento de uma área mais extensa.

A pessoa responsável por analisar a gravidade e extensão da lesão é o neurologista, que irá solicitar uma tomografia computadorizada para diagnóstico e a partir daí, indicar o melhor tratamento.

Estamos online para te ajudar! Fale com nosso especialista:

Veja nossas avaliações

Diana Vilarinho
Diana Vilarinho
18. Julho, 2022.
Verificada
Excelente, prestativos, atenciosos , tratamento muito bom. Nota 10. Utilizei o serviço de remoção para consulta. Muito bom.
Maria L Diniz
Maria L Diniz
16. Julho, 2022.
Verificada
Um excelente atendimento! 🙏💜
Daiane Rosolen
Daiane Rosolen
8. Julho, 2022.
Verificada
Atendimento top! Sr. Gilson muito prestativo e super atencioso no atendimento telefônico. Eu agradeço pela gentileza. Coisa rara hoje em dia.
Carolina Luhm Crivellaro
Carolina Luhm Crivellaro
4. Julho, 2022.
Verificada
Excelente atendimento pela equipe.
Ozana Storck
Ozana Storck
21. Junho, 2022.
Verificada
Serviço de excelência
Rosa Pelizari
Rosa Pelizari
1. Junho, 2022.
Verificada
Realizei alguns exames com a Brasil e fui muito bem atendida. Os profissionais são pontuais, educados e qualificados. Obrigado pelo ótimo atendimento.
Izabel Martins Campos
Izabel Martins Campos
23. Maio, 2022.
Verificada
Valmir Mendes
Valmir Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Maria Mendes
Maria Mendes
5. Maio, 2022.
Verificada
Rosimeire Ribeiro
Rosimeire Ribeiro
5. Maio, 2022.
Verificada

WhatsApp

Quais os principais sintomas do traumatismo craniano?

Os sintomas de traumatismo craniano podem variar de acordo com o trauma e a intensidade. Eles podem surgir imediatamente após o acidente ou só se manifestarem após algumas horas, ou até mesmo semanas, depois da pancada na cabeça.

Os sintomas mais comuns são:

Desmaio e perda de memória;

● Dificuldade para enxergar ou perda da visão;

● Dor de cabeça intensa;

● Confusão e fala alterada;

● Perda de equilíbrio;

● Vômitos;

● Sangramentos graves na cabeça ou rosto;

● Presença de sangue ou de liquido transparente saindo pelo nariz e ouvidos;

● Sono excessivo;

● Olho roxo ou manchas roxas nas orelhas;

● Pupilas com tamanhos diferentes;

● Diminuição ou perda de sensibilidade em alguma região do corpo.

traumatismo craniano

Caso você presencie algum acidente e a vítima apresente algum destes sintomas, é necessário chamar imediatamente a ambulância do SAMU, no 192, ou solicitar um serviço de ambulância particular. Dessa forma, será possível realizar o atendimento especializado mais adequado para o caso.

Vale lembrar que por se tratar de uma região delicada, é fundamental não movimentar a vítima, verificar a sua respiração e, caso o indivíduo não esteja respirando, é preciso iniciar as massagens cardíacas enquanto aguarda a chegada da ambulância.

Quais as sequelas do traumatismo craniano?

O traumatismo craniano além de provocar sequelas físicas, pode causar alterações de comportamento, que podem aparecer logo em seguida ao trauma, ou aparecer um tempo depois.

Algumas das sequelas físicas apresentadas são perda dos movimentos de partes do corpo, visão alterada, falta de controle da respiração, problemas no intestino ou urinários e convulsões.

Além disso, o indivíduo que sofreu de um traumatismo craniano pode apresentar também dificuldades para falar, para engolir, perda de memória, apatia, agressividade, irritabilidade e alterações no ciclo do sono.

Todavia, após o diagnóstico da sequela, o médico indicará a reabilitação, que consiste em um conjunto de atividades desenvolvidas por uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais como fisiatra, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional que vão trabalhar na recuperação dos movimentos e melhorar a qualidade de vida da vítima de traumatismo craniano.

Como é feito o tratamento para traumatismo craniano?

Como dito acima, dependendo da gravidade, o traumatismo craniano pode causar sequelas físicas ou comportamentais no paciente. Por isso, o tratamento irá depender do tipo, da gravidade, extensão das lesões e será indicado pelo neurologista responsável pelo caso. O diagnóstico pode ser feito por tomografia ou ressonância magnética.

Para casos mais leves, o médico poderá recomendar apenas a ingestão de medicamentos para dor e, caso haja algum corte, a realização de curativos e suturas, além de um período de observação para certificar que a pessoa não apresente sintomas mais graves. Caso tudo ocorra bem, o paciente poderá ter alta hospitalar.

Entretanto, para os casos moderados ou graves, em que há a presença de hemorragias, lesões no cérebro grave ou alguma fratura intensa, pode ser necessária a indicação de cirurgia para aliviar a pressão na cabeça e diminuir e controlar o sangramento. Dessa forma, nesses casos pode ser necessária a internação na UTI, podendo permanecer no local até a sua recuperação.

Alguns casos podem ser, inclusive, indicados o coma induzido, que tem como objetivo reduzir a atividade cerebral para acelerar a recuperação.

Os tratamentos desses casos precisam serem feitos o mais rápido possível, uma vez que contribui para diminuir a gravidade da lesão e aumentar as chances de cura.

Caso você presencie qualquer tipo de acidente que cause sintomas do traumatismo craniano, não deixe de acionar um serviço de ambulância como a Brasil Emergência Médicas imediatamente!

Além disso, compartilhe essas informações valiosas com seus amigos e familiares para manter as pessoas que você ama preparadas e protegidas.

traumatismo craniano

WhatsApp

Saiba mais:

Gostou desse artigo? 

Últimas Notícias
Categorias
ambulância qual valor

Ambulância qual valor?

Curitiba, 05 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Com certeza você concorda com a afirmação de que os serviços de ambulância são vitais

Leia mais »